NBA

Basquete/NBA

Celtics sofrem virada vergonhosa em casa e perdem segunda seguida

São Paulo , SP
10/02/2019 10:20:31 — 10/02/2019 14:56:07

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA, Notícias

Os últimos dias para o torcedor do Celtics mais parecem um pesadelo. Depois de perder no último segundo para o maior rival, os Lakers, graças à uma cesta do ídolo Rajon Rondo, o time de Boston recebeu os Clippers no TD Garden neste sábado e sofreu uma virada improvável para os californianos, perdendo por 123 a 112.

Boston teve 28 pontos de liderança (Foto: Brian Babineau/AFP)

A segunda derrota seguida ainda atrapalha a subida que os celtas vinham fazendo na tabela da Conferência Leste. Agora, o Boston está na quinta posição, enquanto os Clippers lutam para se manter dentro da zona de playoffs, na oitava posição da Oeste.

28 pontos de vantagem não foram suficiente para os Celtics segurarem o resultado, e graças a um apagão total do time no terceiro quarto, os Clippers correram atrás do placar e voltaram ao jogo com uma boa atuação do coletivo, mas com destaque para Montrezl Harrell, que anotou 21 pontos e foi o cestinha da partida.

Para completar, o Boston perdeu sua maior estrela, Kyrie Irving, que vinha fazendo um ótimo jogo, carregando o time no primeiro tempo dominante dos Celtics, que marcaram 71 pontos nos dois primeiros quartos, com mais de 20 pontos de frente para o segundo tempo. O camisa 11 deixou a quadra justamente pouco antes do intervalo e foi detectada uma torção no joelho.

Nos dois quartos iniciais, o Boston atropelou o adversário em todos os fatores. A defesa bem postada rodava a bola rápido na transição para o ataque, que mostrava alta eficiência. Os Clippers só assistiam e não conseguiam reagir. O objetivo do time de Los Angeles era não deixar a vantagem ainda mais absurda.

No entanto, sem Irving para o segundo tempo, os Celtics não voltaram para o jogo. Errando muito, quem passou a assistir o outro time jogando foram os donos da casa, que viam Los Angeles acertar um arremesso atrás do outro, diminuindo a margem que parecia super confortável. No quarto final, ainda na frente, os Celtics não souberam administrar o resultado e deixaram o adversário virar o marcador, sem demonstrar reação para voltar à liderança.