NBA

Atletas dos Bulls fazem queixa à NBA por conduta de trabalho do técnico

São Paulo, SP

10-12-2018 21:11:30

Após sofrer a maior derrota de sua história ao perder para o Boston Celtics por 56 pontos de diferença no último sábado, o Chicago Bulls deu continuidade à crise nesta segunda-feira. Irritados com os métodos rígidos de trabalho do treinador Jim Boylen, recém-promovido ao cargo depois da saída de Fred Hoiberg, alguns jogadores da franquia fizeram uma queixa à Associação de Jogadores da NBA (NBPA).

A principal reclamação dos atletas se baseia na conduta do novo comandante, que impõe uma grande carga de treinos, alguns com trabalhos de "exigência militar" e um após partidas da liga. Em pouco mais de uma semana no posto, Boylen já deu treinos de mais duas horas três vezes, fato incomum na NBA.

Além disso, os jogadores contestaram a forma de tratamento, já que o treinador os confronta verbalmente durante as atividades. Dentro de quadra, Boylen, no ápice de sua irritação, trocou o time todo duas vezes na derrota humilhante diante do Boston Celtics. O treinador, inclusive, não poupou críticas à forma física da equipe após a partida.

Vivendo uma de suas piores crises na história, o Chicago Bulls tem a segunda pior campanha geral da NBA (6 vitórias e 21 derrotas), perdendo apenas para o Phoenix Suns (4 vitórias e 22 derrotas).

 

 

Deixe seu comentário