Cruzeiro bate a Caldense e confirma vice-liderança do estadual

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
20/03/2019 23:48:56

Em: Bastidores, Caldense-MG, Campeonato Mineiro, Campeonatos, Cruzeiro
O Cruzeiro venceu a Caldense, por 3 a 0 (Foto: Cruzeiro)

A vitória era necessária para o Cruzeiro. A liderança já não era possível de alcançar, todavia, permanecer na segunda colocação era fundamental para os planos dos celestes, afinal, os líderes têm privilégios. E com a vitória por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, sobre a Caldense, o time azul confirmou seu desejo.

Não foi uma partida difícil. O Cruzeiro dominou o duelo desde o primeiro momento, conseguiu pressionar no tempo certo e, com o resultado garantido, no fim do jogo, testou atletas.

O Cruzeiro agora vai enfrentar a Patrocinense, no próximo sábado, às 16h (de Brasília), em confronto válido pelas quartas de final do Campeonato Mineiro.

Primeiro tempo

O Cruzeiro entrou em campo com a obrigação de um bom resultado para depender apenas de suas forças para garantir a segunda colocação do Campeonato Mineiro. Na vice-liderança, a Raposa teria menos privilégios apenas que o Galo.

A Caldense, no outro lado do campo, lutava pelo título simbólico de melhor clube do interior. Para isso era necessário vencer e contar com um tropeço do Boa Esporte.

O Cruzeiro era bastante organizado em campo, conseguia ser um time agressivo, sobretudo, por jogar com força total. Não demorou até abrir o marcador. Aos 8 minutos, David aproveita o cruzamento, em duas chances, e guardou o primeiro tento celeste.

A Raposa seguiu melhor em campo, com mais posse de bola, mais passes, dominando completamente a partida. O Cruzeiro, inclusive, pressionava a saída de bola e isso incomodava o time visitante que não conseguia escapar.

Aos 24, a Caldense conseguiu criar sua primeira chance com muito perigo, com chute de Júlio, mas o goleiro Fábio conseguiu a defesa.

Aos 32, a Raposa ampliou. O meia Marquinhos Gabriel recebeu o passe e soltou o pé para ampliar.

Aos 38 o time celeste marcou o terceiro. Em ótima jogada de David, na esquerda, a bola chegou em Fred que rolou por baixo das pernas do goleiro para marcar o terceiro.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com exatamente a mesma postura. A partida, devido a sua tranquilidade e o placar do primeiro tempo, virou um grande treino de luxo. Apesar de ter a bola, o time celeste só chegou ao gol com perigo aos 18 minutos, com chute de Edilson, em cobrança de falta.

Dois minutos depois, David conseguiu ótima jogada na esquerda e chutou direto, mas a redonda ficou nas mãos do goleiro. O atacante Fred se mostrou bastante irritado com a jogada, pois estava em ótimas condições.

Aos 26, a Raposa conseguiu balançar as redes, mas não ampliar. Após chute de Robinho, a bola sobrou para David, mas o bandeira marcou impedimento.

Nesta configuração, Mano Menezes fez testes, colocou atletas com poucos minutos na temporada em campo e girou a equipe.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 0 CALDENSE

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: Quarta-feira, 20 de março de 2019
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira
Assistentes: Ricardo Júnio de Souza e Magno Arantes Lira

Gols: David, aos 8, Marquinhos Gabriel, aos 32, Fred, aos 38, todos no primeiro tempo (Cruzeiro)

CRUZEIRO: Fábio, Edílson, Léo, Fabrício Bruno, Dodô, Ariel Cabral (Lucas Silva), Henrique, Robinho, Marquinhos Gabriel, David (Jadson), Fred (Vinícius Popó)
Técnico: Mano Menezes.

CALDENSE: Omar, Carlinhos Miranda, Renato, Rodolgo, Edu Pina, Renan, Felipe Baiano (Jean Henrique), Romário, Judson (Lorran), Júlio, Salatiel.

Técnico: Roberto Fonseca