Gazeta Esportiva

Liverpool sofre na volta a palco histórico e, nos pênaltis, é eliminado

São Paulo, SP

26/02/15 | 17:48

Istambul, 25 de maio de 2005. Após sair perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo, o Liverpool surpreendeu o mundo do futebol e, em 15 minutos, empatou a decisão da Liga dos Campeões da Europa. Nove anos, nove meses e um dia depois, os Reds voltaram ao Estádio Olímpico de Akaturk, na Turquia, pela primeira vez, mas não tiveram tanta sorte como no título europeu daquela temporada e foram acabaram derrotados pelo Besiktas, também nos pênaltis, por 5 a 4. Com o resultado, a equipe inglesa está eliminada da Liga Europa.

Istambul, 25 de maio de 2005. Após sair perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo, o Liverpool surpreendeu o mundo do futebol e, em 15 minutos, empatou a decisão da Liga dos Campeões da Europa. Nove anos, nove meses e um dia depois, os Reds voltaram ao Estádio Olímpico de Akaturk, na Turquia, pela primeira vez, mas não tiveram tanta sorte como no título europeu daquela temporada e foram acabaram derrotados pelo Besiktas, também nos pênaltis, por 5 a 4. Com o resultado, a equipe inglesa está eliminada da Liga Europa.

A partida foi muito disputada desde o início. O toque de bola do Liverpool e a velocidade do Besiktas se contrastaram, mas a partida ficou travada no meio campo nos minutos iniciais. A primeira grande chance de gol foi dos visitantes, só aos 33 da primeira etapa. Sturridge recebeu livre dentro da área e tentou o chute. Sem força, a bola ficou fácil para Gonen.

Já aos 41, Sahan buscou espaço e foi encontrado dentro da área após passe em profundidade. O meia bateu colocado, mas Mignolet defendeu sem dificuldade. O primeiro tempo terminou dessa forma, com chances para os dois lados mas com o gosto de quero mais.

Depois de um início ruim no segundo tempo, onde as equipes se estudavam muito, o Besiktas resolveu atacar com mais intensidade. O empate eliminava a equipe turca. Aos 26 minutos do segundo tempo, entretanto, saiu um golaço. Sahan partiu pelo lado esquerdo do ataque e tentou um passe no meio para Demba Ba. O atacante, de letra, ajeitou e Arslan bateu colocado, da entrada da área, no canto esquerdo de Mignolet.

Arslan marcou o gol da vitória turca no tempo normal, e depois também converteu penalidade (Foto: Bulent Kilic)
Arslan marcou o gol da vitória turca no tempo normal, e depois também converteu penalidade (Foto: Bulent Kilic) - Credito: AFP

A partir do gol, a torcida dos donos da casa começou a cantar ainda mais alto e vaiou o Liverpool com toda a força. Aos 46 minutos, um lance incrível. Após cruzamento de escanteio na área, a bola sobrou nos pés de Demba Ba, que pegou na veia da bola, mas ela caprichosamente explodiu no travessão dos Reds. Com o placar intacto, a partida foi para a prorrogação. No tempo extra, o receio de levar o contra ataque segurou o ímpeto ofensivo das duas equipes. O único lance de perigo saiu dos pés de Demba Ba, mais uma vez. Mignolet se esforço e conseguiu defender o chute.

Nos pênaltis, Demba Ba bateu primeiro e marcou. Lambert empatou para a equipe inglesa. Tore bateu o segundo dos turcos e marcou, mas Lallana igualou o resultado novamente. Kavlak bateu o terceiro muito bem para o Besiktas. Can colocou o Liverpool lado a lado na terceira cobrança. Hutchinson fez o quarto, e Allen fechou o quatro a quatro. Na quinta e última cobrança da série normal, Arslan marcou. Na batida final, Lovren isolou. Mandou muito longe do gol e eliminou a equipe inglesa.

Confira os outros jogos da rodada. Em negrito, as equipes classificadas para as oitavas de final.

Dinamo de Moscou 3 x 1 Anderletch
Zenit 3 x 0 PSV
Dinamo de Kiev 3 x 1 Guingamp
Fiorentina 2 x 0 Tottenham
Inter de Milão 1 x 0 Celtic
Legia Varsóvia 0 x 3 Ajax
Borussia Moenchengladbach 2 x 3 Sevilla
Red Bull Salsburg 1 x 3 Villarreal

Liverpool não jogou bem e acabou eliminado nas penalidades máximas ad Liga Europa (Foto: Ozan Kose)
Liverpool não jogou bem e acabou eliminado nas penalidades máximas ad Liga Europa (Foto: Ozan Kose) - Credito: AFP

Deixe seu comentário