Inter marca nos acréscimos e vence jogo de 7 gols contra América de Cali na Libertadores

São Paulo, SP

16-09-2020 21:13:28

O Internacional viveu uma noite de altos e baixos em seu retorno à Libertadores. A equipe de Eduardo Coudet fez grande primeiro tempo, falhou no segundo, mas marcou nos acréscimos para vencer o América de Cali-COL por 4 a 3, nesta quarta-feira, em duelo válido pela 3ª rodada da fase de grupos.

Os donos da casa tiveram início fulminante e rapidamente abriram vantagem, com gols de Abel Hernandéz no primeiro minuto, e de Boschilia aos 18. Ainda na primeira etapa, Vergara descontou para os colombianos e o atacante uruguaio fez mais um para o Colorado.


Na etapa final, erros da equipe em bolas paradas e transição defensiva quase custaram a vitória. Adrián Ramos descontou aos dois minutos e Moreno empatou para os colombianos, aos 28. Nos acréscimos, Boschilia contou com desvio em chute da entrada da área para marcar o quarto do Colorado e decretar a vitória dramática.

Com o resultado, o Inter se manteve provisoriamente na liderança do grupo E, mas pode ser ultrapassado pelo Grêmio, que joga ainda hoje. O colorado tem sete pontos, após duas vitórias e um empate, com quatro gols de saldo. Já o Tricolor tem quatro pontos e dois gols de saldo e encara a Universidad Católica-CHI fora de casa, às 21h30 (Brasília).

O América de Cali, por outro lado, estacionou na 3ª colocação da chave com três pontos. Já os chilenos aparecem na lanterna, ainda sem pontuação.

O jogo
O Inter não deu tempo para o América de Cali respirar. Com 40 segundos de jogo, Uendel recebeu pela ponta esquerda, driblou o marcador e cruzou. Abel Hernández apareceu na primeira trave e completou para abrir o placar.

Aos gaúchos seguiram no ataque e ampliaram aos 18 minutos. Uendel fez belo lançamento em profundidade para Thiago Galhardo, que deixou de primeira para Hernández. Sem equilíbrio, o uruguaio abriu para Boschilia na esquerda, que invadiu a área e bateu para o gol. Chaux defendeu, mas o brasileiro pegou o rebote e empurrou para as redes.

Quando o Colorado parecia ter controle completo da partida, a defesa errou na saída de bola e ficou exposta. Sierra colocou belo passe em profundidade, aproveitando o espaço entre Zé Gabriel e Uendel, e encontrou Vergara, que bateu cruzado para diminuir aos 27 minutos.

Sem se abater, o Inter voltou para o ataque e marcou o terceiro quatro minutos depois. Escanteio da esquerda cobrado por Nonato, Lindoso cabeceou no travessão e no rebote a bola sobrou para Hernández, que completou para fazer o seu segundo no jogo.

Na segunda etapa, os colombianos voltaram a encostar no marcador logo aos dois minutos. Após cobrança de falta, Marlon Torres ganhou no alto e cabeceou no travessão. No rebote, Adrián Ramos emendou para marcar. 3 a 2 no Beira-Rio.

Vergara avança pela direita e encontra Moreno livre no lado esquerdo da área. O atacante dominou e bateu cruzado para deixar tudo igual.

Quando a vitória parecia perdida, o Inter conseguiu marcar o gol da vitória na pressão final. Boschilia recebeu na entrada da área aos 45 minutos, contou com desvio em batida rasteira, e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 4X3 AMÉRICA DE CALI-COL

Local: Beira-Rio, Porto Alegre, RS
Data: 16 de setembro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG)
Cartões Amarelos: Patrick (Internacional); Segovia, Paz e Sierra (América de Cali)

GOLS
INTERNACIONAL: Abel Hernández, no primeiro minuto e aos 31 minutos do 1º tempo; Boschilia, aos 18 minutos do 1º tempo e aos 45 minutos do 2º tempo
AMÉRICA DE CALI: Vergara, aos 27 minutos do 1º tempo; Adrián Ramos, aos dois minutos do 2º tempo; Moreno, aos 28 minutos do 2º tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Rodrigo Moledo e Uendel; Rodrigo Lindoso (D'Alessandro), Nonato (Johnny), Boschilia (Lucas Ribeiro_ e Patrick; Abel Hernández (Leandro Fernandéz) e Thiago Galhardo
Técnico: Eduardo Coudet

AMÉRICA DE CALI: Chaux; Ureña, Torres, Segovia e Velasco; Paz (Jaramillo), Carrascal, Sierra (Arias), Vergara e Juan Pérez (Moreno); Adrián Ramos
Técnico: Juan Cruz Real

Deixe seu comentário