Libertadores

Campeón del Siglo | 8/5/2019 - 21:30

Futebol Internacional/Copa Libertadores

Flamengo empata com o Peñarol e se classifica em primeiro

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
08/05/2019 23:33:49 — 08/05/2019 23:45:06

Em: Flamengo, Futebol, Futebol Internacional, Libertadores, Notícias

Mesmo com um jogador a menos em boa parte do segundo tempo, o Flamengo segurou o empate em 0 a 0 com o Peñarol-URU e conquistou a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Com o resultado obtido em Montevidéu nesta quarta-feira, os rubro-negros terminaram o grupo D na liderança, com 10 pontos. Já os uruguaios, com a mesma pontuação, estão fora da competição.

Como a LDU-EQU venceu por 4 a 0 o San José-BOL, em Quito, os equatorianos conquistaram a segunda vaga do grupo pelos critérios de desempate. O Peñarol vai ter que se contentar em disputar a Sul-Americana.

O jogo – O Flamengo não deixou Peñarol pressionar e logo com um minuto quase abriu o placar. Em avanço rápido, Arrascaeta deixou Gabigol de frente para Dawson. No entanto, o atacante tentou tirar do goleiro e mandou pela linha de fundo. O Peñarol tinha dificuldade em passar pela marcação rubro-negra. Tanto que a resposta uruguaia veio aos sete, em chute de fora da área de Brian Rodríguez.

Os cariocas não sofriam com o Peñarol, que tinha mais posse de bola, e ainda assustavam nos contra-ataques. O Flamengo teve nova chance de marcar aos 16 minutos. Éverton Ribeiro tabelou com Gabigol e cruzou rasteiro para a pequena área. Bruno Henrique se jogou para tentar a finalização, mas viu a bola passar direto. Depois, foi a vez de Gabigol ser lançado e chutar próximo ao gol.

Com o passar do tempo, os vistantes equilibraram na posse de bola e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo teve duas boas chances de marcar com Bruno Henrique e Willian Arão. O atacante desviou a bola em dividida no alto com o goleiro e viu a bola ir pela linha de fundo. O volante chutou cruzado e não contou com nenhum toque para empurrar para a rede.

Equipe carioca perdeu boas chances nesta quarta-feira (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

Nos minutos finais, os rubro-negros continuaram melhores em campo e ainda desperdiçaram mais duas oportunidades nos acréscimos. Gabigol sozinho da intermediária, mas chutou fraco, em cima de Dawson. Em seguida, Willian Arão cruzou e Bruno Henrique não conseguiu alcançar a bola para mandar para a rede. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

O segundo tempo começou equilibrado, com as duas equipes em busca do ataque. O Peñarol assustou primeiro em chute de Brian Rodríguez, mas o Flamengo respondeu em seguida com Arrascaeta. O uruguaio recebeu passe na área, mas chutou em cima de Dawson.

Os rubro-negros seguiram desperdiçando boas oportunidades e aos dez minutos, Gabigol recebeu na entrada da área e finalizou para grande defesa de Dawson, que salvou o gol com o pé. Só que os donos da casa quase fizeram em seguida. Após cruzamento, a bola bateu em René e ia em direção do gol. No entanto, Léo Duarte apareceu para salvar os cariocas.

A situação mudou para o Flamengo aos 18 minutos, quando ficou com um jogador a menos. Pará fez falta em Brian Rodríguez e recebeu o segundo cartão amarelo. Na cobrança da falta, Cristian Rodríguez cabeceou com perigo.

Com a vantagem em campo, o Peñarol passou a pressionar o Flamengo. Os uruguaios quase marcaram aos 24 minutos. Giovanni González aproveitou falha da zaga e chutou cruzado, muito perto do gol de César.

Aos poucos, os rubro-negros se acalmaram em campo e melhoraram a marcação. Com isso, os uruguaios pararam de chegar próximos do gol. Nos minutos finais, o Flamengo soube conter uma possível pressão dos donos da casa e ainda desperdiçaram chance incrível com Vitinho. O atacante foi lançado e, de frente para Dawson, chutou em cima do goleiro. Já nos acréscimos, Giovanni González foi expulso e foi o golpe final para a classificação flamenguista em Montevidéu.

FICHA TÉCNICA
PEÑAROL 0 x 0 FLAMENGO

Local: Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, Uruguai
Data: 8 de maio de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: José Retamal (Chile) e Cláudio Ríos (Chile)

Cartões vermelhos: Giovanni González (Peñarol); Pará (Flamengo)

PEÑAROL: Kevin Dawson; Giovanni González, Fabricio Formiliano (Trindade), Cristian Lema e Lucas Hernández; Walter Gargano (Canobbio), Guzmán Pereira e Cristian Rodríguez; Brian Rodríguez, Darwin Núñez (Gabriel Fernández) e Viatri
Técnico: Diego López

FLAMENGO: César; Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Vitinho); Bruno Henrique (Rodinei) e Gabigol (Diego)
Técnico: Abel Braga

Além dos 90 minutos

Ads – Rodapé Posts




Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escalação
Peñarol

Kevin Dawson


Giovanni González


Fabricio Formiliano


Cristian Lema


Lucas Hernández


Guzmán Pereira


Walter Gargano


Cristián Rodríguez


Brian Rodriguez


Darwin Núñes


Lucas Viatri


Gabriel Fernández


Agustín Canobbio


Jesus Trindade


Tec - Diego Lopez
Flamengo

César


Pará


Leonardo Duarte


Rodrigo Caio


Renê


Gustavo Cuellar


Willian Arão


Éverton Ribeiro


De Arrascaeta


Bruno Henrique


Gabriel Barbosa


Rodinei


Vitinho


Diego


Abel Braga - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores