Futebol

Emelec bate o Ind. Medellín fora de casa e encaminha classificação

São Paulo , SP
17/05/2017 01:26:41

Em: Futebol, Futebol Internacional, Libertadores, Notícias

O Emelec conseguiu um grande resultado no estádio Atanasio Girardot na noite dessa terça-feira. O time equatoriano ignorou o fato de atuar fora de casa e bateu o Independiente de Medellín por 2 a 1. Com os três pontos somados, o Emelec tomou justamente dos colombianos a segunda colocação do Grupo 3 na Copa Libertadores da América depois de cinco rodadas. Agora o Emelec tem sete pontos, um a mais que o Independiente. O River Plate, já classificado ás oitavas de final, é o líder com dez pontos, enquanto o Melgar, com apenas três, é o lanterna. Nessa quinta, os argentinos visitam justamente o Melgar para fechar a rodada.

Apesar de ter começado a partida de forma otimista, desperdiçando uma oportunidade clara de gol logo aos 30 segundos, com Marrugo, o Independiente de Medellín se viu surpreendido com um gol aos três minutos. Ângulo apareceu com liberdade no meio da área para empurrar a bola para a rede.

Ciente da necessidade de fazer valer o mando de campo, os donos da casa partiram para uma pressão até desorganizada e, mesmo assim, começaram a criar oportunidades atrás de oportunidades. Dessa forma, o empate era questão de tempo, e veio aos 17, com Viola, que arriscou chute certeiro de fora da área.

Bryan Angulo marcou os dois gols do Emelec na noite dessa terça-feira (Foto: Joaquin Sarmiento/AFP)

Mas, quando o Independiente era melhor e parecia até perto de conseguir uma virada, veio o balde de água fria. Falha da zaga, bola mal afastada e Ângulo mais uma vez não perdoou. Emelec na frente mais uma vez.

E por pouco o árbitro Daniel Fedorczuk não complicou ainda mais as coisas para o Independiente ao validar um golaço de falta de Pinillo. Na verdade, o juiz validou o que seria o terceiro gol dos equatorianos, mas foi alertado por seu auxiliar, depois de muita reclamação da equipe colombiana, de que Pinillo não poderia ter cobrado a falta sem autorização do apito, já que o jogo havia sido parado para que o árbitro apresentasse um cartão amarelo. Ao perceber o equívoco, Daniel Fedorczuk anulou tudo.

Na segunda etapa, como já era de se esperar, o Independiente partiu para o ataque em busca ao menos do empate. O time conseguiu até criar algumas chances, mas não soube ser efetivo. O Emelec também deixou de aproveitar muitos contra-ataques, com a equipe adversária totalmente exposta, e passou sufoco à toa.

Para tentar esfriar o ritmo do jogo, o Elemec abusou da ‘cera’ e paralisou o jogo o máximo que pôde. Até por isso, foram sete minutos de acréscimo. Porém, nada mudou e os visitantes saíram de campo festejando uma vitória contra o adversário direito no Grupo 3.

Na sexta e última rodada, o Emelec jogará em casa contra o lanterna Melgar para confirmar sua vaga nas oitavas de final da competição continental. O confronto está marcado para dia 25, às 19h30. No mesmo dia e horário, o Independiente de Medellín terá de vencer o River Plate na Argentina, além de contar um tropeço do Emelec, para ficar com a vaga.