Daniel Alves vê decisão da Libertadores na Espanha como vergonhosa

São Paulo, SP

30-11-2018 15:41:57

Santiago Bernabéu receberá segundo jogo da final da Libertadores no próximo dia 9 (Foto: Mladen ANTONOV / AFP)

Após Maradona e o técnico do Real Madrid, Santiago Solari, se mostrarem contrários a realização da final da Copa Libertadores no estádio Santiago Bernabéu, o lateral brasileiro Daniel Alves foi mais um a criticar a escolha feita pela Conmebol.

O jogador do Paris Saint-Germain utilizou as suas redes sociais para divulgar um longo vídeo criticando a necessidade de se realizar a decisão do torneio sul-americano fora do continente. Na visão do atleta, os acontecimentos recentes são uma vergonha e apenas os torcedores culpados pela confusão deveriam ser punidos.

Veja também: Embaixador argentino na Espanha diz que passagens para Madri estão esgotadas

"Para mim, jogar Boca e River fora da América do Sul é a maior vergonha que vi e que vou ver como jogador de futebol, como sul americano, como alguém que se considera que este esporte se pode viver com sentimento, com paixão, com tudo que queira, mas sobretudo com respeito. E eu penso que as pessoas que não têm nada a ver com o que aconteceu, tenham que pagar por alguns mal-educados e que para eles só teria esta possibilidade de assistir um Boca e River, em uma final, e agora não podem ver porque mudaram para a Europa", avaliou o jogador.

https://www.instagram.com/p/BqzbCerBmxX/

O jogador ainda pediu para que isso não aconteça mais e declarou que essa atitude não funciona para educar os torcedores mal-educados.

"Eu não tenho nada a ver, mas, como jogador sul americano, apaixonado por futebol, eu penso na rivalidade saudável. Sinto no direito de expressar minha opinião. Espero que não aconteça mais. Para o bem do futebol e o respeito daqueles que não têm nada a ver com isso. Não se educa pessoas assim, não se educa mal-educados. Os educados ensinam bons hábitos e modos. Sobretudo quando se vai ao campo de futebol, se vive o sentimento, a paixão e o fanatismo pelo seu clube", completou.

River e Boca fariam a segunda partida da decisão da Libertadores no último sábado. Porém, um ataque feito pelos torcedores do River contra o ônibus da equipe visitante causou o adiamento do confronto, que será realizado no próximo dia 9 de dezembro, no estádio Santiago Benabéu, em Madrid, na Espanha.

Deixe seu comentário