Conmebol define datas e horários das semifinais da Libertadores e da Sul-Americana

São Paulo, SP

12/08/22 | 17:27 - 12/08/22 | 18:22

As semifinais das competições organizadas pela Conmebol já têm data e hora marcadas. Nesta sexta-feira, a entidade máxima do futebol sul-americano divulgou detalhes sobre a próxima fase do mata-mata da Libertadores e da Sul-Americana.

Na principal competição do continente, os brasileiros Palmeiras, Flamengo e Athletico-PR seguem vivos na briga pelo titulo. O Verdão terá pela frente justamente o Furacão, enquanto o Rubro-Negro carioca encara o Vélez Sarsfield, da Argentina.

O Palmeiras decidirá a vaga na final em casa. A partida de ida será no dia 30 de agosto, na Arena da Baixada, às 21h30 (de Brasília). Uma semana mais tarde, no dia 6 de setembro, o Allianz Parque receberá o confronto de volta, com mando palmeirense. A bola rolará mais uma vez às 21h30. Os dois jogos terão transmissão do SBT em canal aberto para todo o Brasil.

Assim como o Verdão, o Flamengo também terá a vantagem de decidir em casa. A primeira partida frente ao Vélez será na Argentina, no Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires. A bola rola para este duelo inicial às 21h30 do dia 31 de agosto. Mais tarde, no dia 7 de setembro, o Maracanã receberá o confronto de volta, com mando flamenguista, também às 21h30.


Sul-Americana

A Sul-Americana também conta com equipes brasileiras brigando pela taça. Após avançarem pelas quartas de final, o São Paulo e o Atlético-GO se mantêm no páreo e se enfrentarão por uma das semifinais. O outro lado da chave tem confronto entre Melgar, do Peru, e Independiente Del Valle, do Equador.

A semifinal entre os brasileiros será definida com mando do São Paulo. A partida de ida será disputada no Serra Dourada, no dia 1º de setembro, às 21h30 (de Brasília). A volta, no Morumbi, será no dia 8 do mesmo mês, também às 21h30.

Pela outra chave, na partida de ida, o Independiente Del Valle receberá o Melgar, no Equador, às 19h15 do dia 31 de agosto. A partida de volta será disputada no Peru, às 19h15 do dia 7 de setembro.

Deixe seu comentário