Conmebol define arbitragem para volta das oitavas de final da Libertadores e Sul-Americana

São Paulo, SP

01/07/22 | 22:29

A Conmebol divulgou, nesta sexta-feira, a escala de arbitragem para as partidas de volta das oitavas de final tanto da Libertadores quanto da Sul-Americana. Ao todo, apenas um jogo da Libertadores será apitado por um brasileiro.

Na partida que abre a semana da Libertadores, o Atlético-MG recebe o Emelec-EQU na terça-feira, às 19h15 (de Brasília). A partida terá o venezuelano Jesus Valenzuela como árbitro. No jogo da ida, o Galo teve Allan expulso após revisão do VAR, mas também teve cobrança de pênalti desperdiçada no final da partida.

Também na terça-feira, às 21h30, o Corinthians vai à Bombonera em busca da classificação contra o Boca Juniors. Após empate por 0 a 0 na Neo Química Arena, o Alvinegro terá vida difícil pela frente e, no comando da arbitragem, terá o uruguaio Andrés Matonte.


Outro uruguaio que apitará na terça-feira é Andrés Cunha, encarregado do duelo entre Athletico-PR e Libertad-PAR.

Na quarta-feira, às 19h15, o Palmeiras recebe o Cerro Porteño-PAR no Allianz Parque após vencer por 3 a 0 no Paraguai. Patricio Loustau, da Argentina, apita o confronto.

No mesmo momento, o duelo argentino entre Colón e Talleres terá arbitragem brasileira. Anderson Daronco será o juiz, com Fabrício Vilarinho e Rafael Alves de assistentes. Luiz Flávio de Oliveira está escalado pela Conmebol como quarto árbitro, enquanto Wagner Reway fica no comando do VAR.

Ainda na quarta-feira, o Flamengo recebe o Tolima-COL no Maracanã, às 21h30. O duelo será apitado por Mario Diaz de Vivar. River Plate e Vélez Sarsfield se enfrentam no mesmo horário, com arbitragem comandada pelo chileno Roberto Tobar e o brasileiro Rafael Traci no VAR.

Fechando os jogos da volta na Libertadores, o Fortaleza encara o Estudiantes fora de casa na quinta-feira, às 21h30. O jogo de ida acabou empatado por 1 a 1. O uruguaio Esteban Ostojich será o árbitro do jogo.

Sul-Americana

Dos jogos de volta das oitavas de final da Conmebol Sul-Americana, nenhum será apitado por um brasileiro. Na terça-feira, o Unión Santa Fé recebe o Nacional-URU, com arbitragem de Piero Maza, do Chile.

Na sequência, o Internacional recebe o Colo Colo-CHI em busca de uma virada após perder fora de casa por 2 a 0. O jogo terá o argentino Dario Herrera como juiz.

Na quarta-feira, às 19h15, quem também decide seu futuro em casa é o Ceará, que recebe o The Strongest-BOL após vencer o jogo de ida por 2 a 1 fora de casa. O jogo será apitado pelo paraguaio Derlis Lopez. Às 19h30, Melgar-PER e Deportivo Cali-COL se enfrentam com arbitragem de Facundo Tello, da Argentina.

Fechando a quarta-feira, o Santos recebe o Deportivo Táchira-VEN na Vila Belmiro após empatar por 1 a 1 no jogo da ida. Kevin Ortega, do Peru, será o árbitro do duelo.

Na quinta-feira, Lanús e Independiente Del Valle-EQU se encaram com o chileno Cristian Garay no comando da arbitragem.

Às 21h30 da quinta-feira, o duelo que mais rendeu polêmicas sobre arbitragem no jogo de ida. O São Paulo recebe a Universidad Católica-CHI no Morumbi após jogo conturbado na ida, quando teve três expulsos. Mesmo assim, o Tricolor venceu por 4 a 2 e, no jogo da volta, terá Alexis Herrera, da Venezuela, apitando.

No mesmo horário, o Atlético-GO recebe o Olimpia-PAR, com o colombiano Wilmar Roldan na arbitragem.

Deixe seu comentário