Real Madrid empata com o Levante e volta a tropeçar no Bernabéu

São Paulo, SP

09-09-2017 09:53:10

Defendendo o título do Campeonato Espanhol, o Real Madrid voltou a tropeçar em pleno Santiago Bernabéu. A equipe do técnico Zinedine Zidane saiu atrás do placar no duelo deste sábado contra o Levante, mas conseguiu o empate por 1 a 1.

Com mudanças na escalação titular, Zidane optou por deixar Modric fora da partida e escalar Marcelo no meio-campo, com a função de um ponta esquerda. Na zaga, Nacho ficou com o lugar de Varane, e Theo assumiu a lateral esquerda. Cristiano Ronaldo, suspenso, voltou a ser desfalque. Para piorar, o centroavante Benzema se lesionou logo no início do duelo, dando lugar a Bale. Com muitas mudanças, o Real encontrou dificuldade para armar jogadas. Lucas Vázquez marcou o gol de empate. Nos minutos finais, o brasileiro Marcelo, nervoso, se envolveu em confusão com Lerma e foi expulso.

O Real começa sua caminhada na Liga dos Campeões na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Apoel, novamente no Bernabéu. O Real e o atual campeão da Champions.

Este foi o segundo empate do Real em três partidas realizadas no Espanhol  - 2 a 2 com o Valência também no Bernabéu. Agora, os galácticos somam cinco pontos e ocupam provisoriamente a quarta colocação. O Real volta a campo no próximo domingo, contra o Real Sociedad.

O jogo - O técnico Zinedine Zidane poupou dois importantes jogadores para o duelo com o Levante. O meia Modric, responsável pela armação do time, não foi relacionado e fez falta em campo. Bale, Isco e Casemiro começaram o duelo no banco de reservas, com uma novidade na formação titular: Marcelo no meio-campo e Theo Hernández na lateral esquerda.

Sem Cristiano Ronaldo, suspenso, Asensio assumiu a responsabilidade de ser o finalizador de jogadas ofensivas do Real, mas encontrou muitas dificuldades no início do jogo. Com uma escalação alternativa, os galácticos não tinham facilidade para ocupar o campo de defesa do Levante.

Levante abriu o placar, mas sofreu o empate (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP)

Logo aos 12 minutos, o time adversário mostrou que estava atento e abriu o placar. Após bola levantada na área, Kiko Casilla e Carvajal não deram o combate e Ivette Lopez completou para o fundo das redes, deixando a torcida cabisbaixa no Santiago Bernabéu.

Com o gol sofrido, o Real voltou a ficar com a bola nos pés, chegando a somar 65% contra 35% dos adversários, mas ainda esbarrava no forte sistema defensivo do Levante. Depois de muito buscar o empate, o Real conseguiu furar a defesa adversária com jogada de bola parada. Kroos cruzou na medida para Sergio Ramos, que cabeceou firme e viu o goleiro Raul defender. Na sequência, Lucas Vázquez, com o gol aberto, balançou as redes: 1 a 1.

Perto do intervalo, Bale, que entrou no lugar do lesionado Benzema, ainda levantou suspiros dos torcedores do Real ao finalizar firme e exigir defesa elástica de Raúl. Já na segunda etapa, o Real lançou-se ao ataque em busca da vitória. Apesar do apoio de mais de 67 mil torcedores, a equipe, que pressionava com 10 jogadores à frente da linha do meio-campo, não conseguia criar boas jogadas.

Zidane optou pela entrada do meia Isco no lugar do volante Llorente e de Kovacic na vaga de Lucas Vázquez, afim de dar mais qualidade no passe dos galácticos, mas o jogo se manteve truncado no meio-campo. Nos minutos finais, o atacante Bale perdeu a chance mais preciosa do Real no segundo tempo. Após bola levantada na área, Bale cabeceou no contrapé do goleiro Raúl, mas mandou pela linha de fundo. Poucos minutos depois, Marcelo tentou finalização dentro da área e o arqueiro do Levante voltou a salvar seu time. O lateral esquerdo brasileiro se enroscou com Lerma na pequena área e foi expulso. Já nos acréscimos, Kroos bateu de fora da área e carimbou a trave.

Atlético de Madrid empata - Quem também entrou em campo neste sábado foi o Atlético de Madrid. A equipe do técnico Simeone visitou o Valência e ficou no empate por 0 a 0.

Com o resultado, o Valência caiu para a sexta colocação, mas ainda pode ser ultrapassado. A situação do Atléti é a mesma, ocupando a sétima posição.

Apesar de jogar fora de casa, foi o Atlético de Madrid quem teve as melhores chances do jogo. No primeiro tempo, Vietto recebeu grande passe e, na pequena área, finalizou mal e mandou longe do gol. Já na segunda etapa, Gaitan arriscou chute rasteiro, que foi defendido pelo goleiro adversário antes de explodir na trave.

Deixe seu comentário