Gazeta Esportiva

Em jogo quente, Atlético empata com o Sevilla e Barça assume a ponta

São Paulo, SP

24/01/16 | 15:11 - 24/01/16 | 15:16

O Atlético de Madrid lutou, brigou, discutiu, mas não conseguiu jogar o futebol para furar o bloqueio do Sevilla

Griezmann lamenta chance perdida por ele no segundo tempora da partida realizada no Vicente Calderón (Foto: Javier Soriano/AFP)
Griezmann lamenta chance perdida por ele no segundo tempora da partida realizada no Vicente Calderón (Foto: Javier Soriano/AFP)

O Atlético de Madrid lutou, brigou, discutiu, mas não conseguiu jogar o futebol necessário para furar o bloqueio do Sevilla neste domingo, em partida disputa no estádio Vicente Calderón. O empate sem gols deixa os colchoneros com o mesmo número de pontos do Barcelona (48), mas atrás no saldo de gols (36 a 22) e, para piorar, com uma partida a mais.

Apesar de dificultar a busca dos comandados de Diego Simeone pelo título, o 0 a 0 aumenta ainda mais a expectativa para o encontro entre eles e o Barcelona, na semana que vem. A partida está marcada para o próximo sábado, às 13h (de Brasília), e pode definir os rumos da competição.

A ideia do Atleti, no entanto, era chegar com uma certa vantagem na tabela. O clube da capital espanhola só não contava com a vontade demonstrada pelos visitantes, principalmente na marcação. Dedicado a anular a força dos anfitriões, principalmente na bola aérea, o time da Andaluzia só teve um ataque de perigo durante todo o jogo, mas Banega finalizou na trave.

O cenário ficou mais de ataque contra defesa após a expulsão de Vitolo, que levou o segundo amarelo no começo do segundo tempo após falta em Vietto. Nesse momento, porém, faltou ao Atlético trabalhar mais a bola para criar espaços. A melhor chance veio em cabeçada de Griezmann, mas o francês também carimbou a trave.

Dono de atuação segura, o goleiro Sergio Rico causou também algumas discussões. Por cera e por divididas com os atacantes rivais, ele enervou bastante a torcida, mas saiu só com um amarelo. O lateral brasileiro Filipe Luís reclamou muito da atitude do adversário e, após o apito final, chegou até a tirar satisfação com o jogador. O restante dos atletas, porém, conseguiu apaziguar a situação.

Mais cedo, o Atlético de Bilbau não tomou conhecimento do Eibar e disparou 5 a 2 sobre o adversário, que faz boa campanha nesta edição do torneio. Aduriz (duas vezes), Laporte, Merino e Mauro dos Santos (contra) anotaram os tentos dos donos da casa, enquanto Baston fez os dois dos visitantes.

Deixe seu comentário