Athletic arranca empate do Valencia e impede rival de colar no Atlético

São Paulo, SP

09-04-2015 17:07:00

O empate do Athletic Bilbao com o Valencia por 1 a 1, em casa, barrou o adversário de encostar no Atlético de Madrid na pontuação do Campeonato Espanhol. Apesar de ter os marcadores igualados no último minuto, o Valencia ainda mantém vivo o sonho de conquistar uma vaga direta na Liga dos Campeões. Em quarto lugar no Campeonato Espanhol, a equipe soma 62 pontos na competição – 12 a menos que o líder Barcelona e apenas dois atrás do Atlético, em terceiro lugar. Já o Athletic, com 40 pontos, segue na oitava colocação sem grandes aspirações na competição.

O empate do Athletic Bilbao com o Valencia por 1 a 1, em casa, barrou o adversário de encostar no Atlético de Madrid na pontuação do Campeonato Espanhol. Apesar de ter os marcadores igualados no último minuto, o Valencia ainda mantém vivo o sonho de conquistar uma vaga direta na Liga dos Campeões. Em quarto lugar no Campeonato Espanhol, a equipe soma 62 pontos na competição – 12 a menos que o líder Barcelona e apenas dois atrás do Atlético, em terceiro lugar. Já o Athletic, com 40 pontos, segue na oitava colocação sem grandes aspirações na competição.

A partida foi bem movimentada, com ambos os times criando chances e aproveitando contra-ataques. Embora o Athletic esteja no meio da tabela, o time apresentou o desempenho de quem briga para conquistar um título e fez valer o papel de anfitrião, se fechando no setor defensivo na primeira etapa. O Valencia atuou mais ofensivo e conseguiu abrir o placar aos 16 minutos do segundo tempo, com Rodrigo De Paul. Aos 45, o time de Bilbao arrancou o empate. Aritz Aduriz aproveitou uma sobra de bola e deixou o placar final em 1 a 1.

De Paul foi autor do gol do Valencia (Foto: ANDER GILLENEA / AFP)
De Paul foi autor do gol do Valencia (Foto: ANDER GILLENEA / AFP) - Credito: AFP

O jogo- A partida começou elétrica, com o Valencia abusando de passes longos e sem conseguir se aproximar da área adversária. Apenas aos 24 minutos é que Pablo Piatti teve a primeira oportunidade. Da entrada da área o jogador ajeitou a bola e chutou o que poderia ter sido o primeiro gol. A atuação do goleiro Gorka Iraizoz, no entanto, foi impecável, e garantiu que os marcadores permanecessem zerados. Pouco depois, Piatti se lesionou e precisou dar lugar a Rodrigo De Paul. A equipe seguiu atacando, embora com cada vez menos energia. Foi quando o Athletic aproveitou para iniciar os contra-ataques.

Os anfitriões assustaram os jogadores do Valencia, mas apresentaram muitas dificuldades na hora de finalizar. Inaki Williams, aos 39, cruzou para a grande área, mas nenhum colega conseguiu chegar a tempo para aproveitar a bola, que acabou saindo para fora. No lance seguinte, Gomez Perez cobrou uma falta próximo à grande área, mas a bola se perdeu entre a zaga do Valencia.

A segunda etapa permaneceu agitada e equilibrada. Logo no primeiro minuto, Mikel Rico, pelo Athletic, subiu na área para tentar cabecear uma bola de escanteio, mas o arqueiro rival saiu no momento certo. Pelo lado do Valencia, Alcaer Paco seguiu livre na área para receber um cruzamento. A finalização do jogador acabou saindo muito próxima do gol, mas sem acertar as redes do outro time. Enfim, aos 16 minutos, os visitantes abriram o placar. Rodrigo De Paul recebeu um passe e, de rasteira, acertou o canto direito do gol, marcando o primeiro tento da partida.

Partida entre Athletic e Valencia foi equilibrada do primeiro ao último minuto
Partida entre Athletic e Valencia foi equilibrada do primeiro ao último minuto - Credito: AFP

O técnico do Athletic, Ernesto Valverde, promoveu algumas modificações no time, buscando maior ofensividade entre os atletas. A ação deu resultado, já que o Valencia acabou recuando para tentar manter o placar. A oito minutos do fim do jogo, De Paul tentou criar uma nova chance para o Valencia, buscando uma bola de cobrança de falta. O jogador arriscou o chute, que acabou defendido por Gorka Iraizoz em uma bela atuação. No instante seguinte, Otamendi foi expulso por uma dura entrada em um dos zagueiros rivais. Com um a menos, o Valencia se perdeu em campo e deixou o Bilbao avançar.

Borja Viguera aproveitou uma das chances para tentar igualar os marcadores, mas foi surpreendido por uma boa defesa do arqueiro do Valencia. Por fim, aos 45 do segundo tempo, Artiz Aduriz conseguiu a bola que sobrou do ataque adversário e, com rapidez, deu uma pancada na bola que acabou balançando as redes visitantes e deixando o jogo empatado.

Deixe seu comentário