Campeonato Gaúcho

×
| // - :

Futebol

Nos pênaltis, Grêmio derrota Inter e conquista o bicampeonato gaúcho

Do correspondente César Esteves - São Paulo , SP
18/04/2019 00:00:45 — 18/04/2019 09:16:00

Em: Campeonato Gaúcho, Escolha do editor, Futebol, Grêmio, Internacional

O Grêmio sagrou-se bicampeão gaúcho ao vencer o Internacional nos pênaltis por 3 a 2 na Arena. Durante o tempo normal a partida terminou empatada sem gols. O jogo foi marcado por muitas polêmicas e uso do VAR que acabou sendo decisivo na marcação de uma penalidade que foi desperdiçada por André. Mas quis o destino que na última cobrança o centroavante desse o título para o Tricolor Gaúcho.

Também tem que ser destacado o goleiro Paulo Victor que pegou três penalidades. Na campanha os comandados de Renato Portaluppi não perderam nenhuma partida na competição e levam apenas um gol.

Pela Libertadores o Grêmio volta a campo no dia 23, terça, quando visita o Libertad, às 19h15(de Brasília), no Nicolás Leoz. Já na quarta o Internacional pega o Alianza Lima, às 21h30 (de Brasília), no Alejandro Villanueva.

JOGO

Muito estudado o começo de partida entre os dois times. Ambas as equipes não cedem espaços e realizam forte marcação. Bastante catimba em campo, diversas faltas e o jogo não andou. Aos 15, Everton recebeu de fora da área e chutou. Lomba soltou no pé de André, que mandou para o fundo das redes. Depois de confirmar pelo VAR, o gol gremista foi anulado. Aos 21, Geromel ajeitou para Kannemann, que virou e chutou. Lomba segurou.

Após os 20 minutos, o Tricolor Gaúcho cresceu de produção, enquanto o Colorado especulou jogadas de velocidade. Aos 29, depois de uma troca de passes, Jean Pyerre recebeu da intermediária de Maicon e chutou, mas a bola saiu. Tecnicamente o jogo deixou a desejar. Bastante discussão em campo e muitas faltas.

Que chance para o Inter, aos 36, Guerrero ganhou de Léo Gomes e cabeceou, mas Paulo Victor fez grande defesa. No final do primeiro tempo, o Colorado melhorou e assustou a meta gremista. Que susto, aos 45, Léo Gomes recebeu da direita, dominou e chutou. A bola quicou e Lomba espalmou para o lado.

A etapa inicial teve muita marcação, chegadas ríspidas, porém em termos de qualidade futebol acabou não sendo bom. Na única vez que o recurso eletrônico foi pedido a arbitragem acertou.

Esse retorno do segundo tempo iniciou como no primeiro de muita intensidade, transpiração e sem inspiração técnica. Aos 08, Moledo tentou cortar o chute de Alisson, desviou e quase fez contra.

Com mais posse de bola, o Grêmio não conseguiu furar o forte bloqueio defensivo vermelho. Aos 13, Edenílson passou por Leonardo e Maicon com um giro e chutou forte. Paulo Victor fez grande defesa. No minuto seguinte, Nico cobrou escanteio na cabeça de Moledo. O arqueiro pegou mais uma. O técnico Renato Portaluppi sacou Jean Pyerre para a entrada de Luan.

Já a grande polêmica do jogo ocorreu, aos 22, Cortez caiu após a dividida com Parede. Logo após o árbitro utilizou o VAR e resolveu marcar a penalidade. A partir daí iniciou uma confusão que determinou as expulsões do técnico Odair Hellmann e do meia D´Alessandro. Depois de oito minutos, o jogo foi retomado. Aos 31, André bateu no canto esquerdo de Lomba que defendeu. No rebote, Geromel chutou e não conseguiu marcar.

Houve muito nervosismo na reta final da partida tanto de Grêmio e Internacional. Aos 49, Everton passou por Moledo limpou e buscou o ângulo esquerdo de Lomba, mas a bola saiu. Aos 50, Everton recebeu de Luan, invadiu a área e soltou a bomba, mas carimbou o poste.

Apesar de todas as tentativas dos times, a decisão do título foi nas penalidades. A conquista acabou sendo merecida para o Tricolor Gaúcho por causa da campanha em todo o torneio.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 (3) X (2) 0 INTERNACIONAL

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data: 17 de abril (quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP) auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis(SP) e José Cláudio Rocha Filho (SP).

Renda: R$ 2.960.606,00
Público Total: 51.003

Cartão amarelo: Kannemann, Michel (Grêmio), Pottker, Patrick, Guerrero, Daniel, Victor Cuesta, Guilherme Parede, Rafael Sobis (Internacional)
Cartão vermelho: D´Alessandro (Internacional)

Grêmio: Paulo Victor, Léo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez, Maicon (Michel), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli) e Jean Pyerre (Luan), Everton e André.
Técnico: Renato Portaluppi

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca (Camilo), Moledo, Cuesta e Iago (Rafael Sobis), Dourado, Edenílson, Patrick e Pottker (Guilherme Parede), Nico López e Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann




Escalação
Ainda não há informações
Tec -
- Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores