Futebol/Eliminatórias da Eurocopa

No Stade de France lotado, França goleia Islândia pelas Eliminatórias

São Paulo , SP
25/03/2019 18:35:22

Em: Eliminatórias Eurocopa, França, Futebol, Futebol Internacional, Islândia

Nesta segunda-feira, a França recebeu a Islândia no Stade de France, em partida válida pela segunda rodada das Eliminatórias para a Eurocopa 2020, e venceu pelo placar de 4 a 0

Com o resultado, a seleção francesa ocupa liderança do grupo H com seis pontos, mesma pontuação da Turquia, que aparece na segunda colocação pela diferença no saldo de gols. Já os islandeses, com três pontos ganhos, ocupam o terceiro lugar.

A França entrou em campo com um uniforme especial, em homenagem aos 100 anos da Federação Francesa de Futebol. A camisa, que não será utilizada em mais nenhuma oportunidade, também será vendida em edição limitada. De roupa nova, portanto, a equipe da casa teve um grande volume de jogo e dominou as ações da partida. O placar foi aberto aos 12 minutos do primeiro tempo com Umtiti, Giroud ampliou aos 23 da segunda etapa, Mbappé marcou o terceiro aos 33 e Griezmann ainda fechou a conta aos 39.

O jogo –  Contando com o apoio de seu torcedor em um Stade de France completamente lotado, a França, desde o início, mostrou que ditaria o ritmo do jogo e teria a bola nos pés. Assim, aos 12 minutos de jogo, Mbappé levantou a bola na área e Umtiti completou de cabeça para abrir o placar.

Mesmo com o gol no início, os franceses não diminuíram o ritmo, e seguiam impondo um jogo ofensivo em busca de uma maior vantagem no placar. Aos 16 minutos, Giroud completou novo cruzamento na área, mas o goleiro Halldórsson apareceu para fazer uma grande defesa. Aos 23, foi a vez de Mbappé, que fez jogada individual e bateu cruzado, mas viu a bola tirar tinta da trave esquerda antes de sair.

A Islândia, por sua vez, não apresentava nenhum poderio ofensivo, mas conseguiu melhorar no aspecto defensivo. A partir dos 30 minutos, a França passou a não ser mais tão incisiva, apenas rondando a área adversária em busca de um espaço para infiltração. Na última chance francesa da primeira etapa, aos 42 minutos, Matuidi mergulhou sozinho dentro da área, mas cabeceou para fora.

No início da etapa complementar, o panorama seguia o mesmo. A equipe da casa mantinha sempre a maior posse de bola, mas não conseguia transformar esse domínio em gols. Aos 12, Pavard pegou de primeira a sobra do escanteio e viu a bola sair muito próxima da trave esquerda, e aos 16 foi a vez de Griezmann, da entrada da área, mandar por cima.

Depois de muita pressão, aos 23 minutos enfim os franceses conseguiram ampliar. Griezmann recebeu na entrada da área e abriu para Pavard, que chegou cruzando com muito veneno. A bola veio fechada, o goleiro Halldórsson tentou cortar e não achou nada, então ela ficou limpa para Giroud empurrar pro fundo das redes. Cinco minutos depois, o atacante ainda fez o terceiro após assistência de Griezmann, mas o árbitro assinalou impedimento na jogada.

Após o gol de Giroud, a França parecia ter aberto a porteira no Stade de France. Aos 33, Griezmann novamente descolou um belo passe, dessa vez para Mbappé. Em posição normal, o camisa 10 invadiu a área, se equilibrou após o contato do zagueiro e tocou na saída do goleiro para marcar o terceiro.

Aos 37 minutos, naquela que foi a única chance da Islândia na partida, Sigurdsson recebeu cruzamento e completou de primeira, para tranquila defesa de Lloris. Dois minutos depois, contudo, em belíssima jogada, Mbappé recebeu, dominou no peito e, de calcanhar, acionou Griezmann. O camisa 7 recebeu em velocidade, avançou pela direita e deu um leve toque por cima do goleiro para fechar a conta em 4 a 0.