Tunísia e RD do Congo vencem e adiam definição de quem vai à Copa

São Paulo, SP

07-10-2017 16:11:55

A Tunísia visitou a seleção de Guiné neste sábado, no Estádio 28 de Setembro, em jogo válido pelo Grupo A das Eliminatórias Africanas, e até fez sua parte em busca de uma vaga na Copa do Mundo ao golear pelo placar de 4 a 1. A vaga, porém, só não veio em virtude da vitória da República Democrática do Congo sobre a Líbia, que manteve os congoleses vivos na luta por um lugar no Mundial.

A Tunísia iniciou a partida tomando um susto ao sair atrás do placar em gol marcado por Keita aos 36 minutos. Os visitantes, porém, iniciaram a sua reação já nos acréscimos, com gol de Msakni aos 47. Na segunda etapa, os tunisianos apenas construíram a vitória. Msakni voltou a marcar aos 29, Ben Amor ampliou aos 38, e novamente Msakni balançou as redes aos 51 para confirmar seu hat-trick e fechar a vitória por 4 a 1.

A classificação tunisiana não foi possível porque a República Democrática do Congo também fez sua parte. A equipe congolesa visitou a Líbia, no Estádio Mustapha Ben Jannet, e venceu por 2 a 1, se mantendo viva em busca de uma das vagas na Copa do Mundo.

O atacante Bakumbu, que atua pelo Villarreal, da Espanha, abriu o placar para os visitantes no início da segunda etapa. Al Musrati chegou a empatar para os mandantes, aos 24, mas Moke fez o gol da vitória dos congoleses aos 29.

Com os resultados, a Tunísia segue liderando o Grupo A, agora com 13 pontos. A República Democrática do Congo vem logo atrás, com 10. Com isso, os congoleses precisam vencer o seu jogo na última rodada, torcer por uma derrota dos tunisianos e ainda tirar a diferença no saldo de gols para garantir vaga na Copa do Mundo. Já eliminadas, Guiné e Líbia completam a chave com três pontos.

A rodada decisiva do Grupo A das Eliminatórias está marcada para o dia 05 de novembro, com as duas equipes ainda com chance classificação atuando em casa. A Tunísia recebe a Líbia para confirmar sua vaga na Copa do Mundo, enquanto a República Democrática do Congo será anfitriã diante de Guiné para tentar o milagre de avançar ao Mundial.

Senegal assume liderança do Grupo D e fica perto da Copa - Outra equipe que deu um grande passo rumo ao Mundial foi Senegal. A seleção senegalesa visitou Cabo Verde, em confronto direto no Estádio Nacional, e mesmo fora de casa conseguiu vencer por 2 a 0.

Com a vitória, Senegal chegou aos oito pontos e lidera o embolado Grupo D, que tem Burkina Faso e Cabo Verde com seis pontos e África do Sul com quatro. A chave, porém, tem uma peculiaridade. No primeiro turno, os sul-africanos venceram os senegaleses por 2 a 1, mas o jogo foi anulado após o árbitro Joseph Lamptey ser condenado por manipulação de resultados, em duelo que teve um pênalti escandaloso marcado a favor dos Bafana-Bafana que decidiu diretamente na partida.

Com isso, este jogo teve que ser remarcado, e acontecerá no dia 10 de novembro, com mando da África do Sul. Antes, porém, haverá a sexta e última rodada do Grupo D, no dia 05. Senegal recebe os sul-africanos, enquanto Cabo Verde visita Burkina Faso. Para os senegaleses, porém, há a necessidade de somente a vitória em um dos jogos para confirmar a classificação para a Copa do Mundo de 2018.

No Grupo C, Marrocos depende só de si para ir à Copa - No jogo que fechou o sábado de Eliminatórias Africanas, a seleção de Marrocos recebeu Gabão, no Stade Mohamed V, em duelo válido pelo Grupo C, e não deu chances ao adversário ao vencer por 3 a 0.

Com o resultado, Marrocos chegou aos nove pontos e depende só de suas forças para ir à Copa do Mundo. Na última rodada, os marroquinos visitam a vice-líder Costa do Marfim, que tem oito, em confronto direito, e precisam somente de um empate para ir ao Mundial. No outro duelo do Grupo C, Gabão, que tem cinco pontos, recebe Mali, que tem três, mas ambas as seleções já estão eliminadas.

Deixe seu comentário