Vasco vence a primeira na Copinha e se classifica como líder do grupo 27

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

07-01-2016 18:19:20

O Vasco conseguiu a classificação para a próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior ao vencer por 3 a 2 o Nacional-SP, nesta quinta-feira, em São Paulo. Com o resultado, os cruz-maltinos chegaram a cinco pontos e terminaram na liderança do grupo 27.

O São Raimundo-RR, com a mesma pontuação dos cariocas, mas atrás nos critérios de desempate, ficou com a segunda vaga. Nacional e Guaicurus-MS acabaram eliminados. Na próxima fase, os vascaínos terão pela frente o América-MG, segundo colocado do grupo 28. Já o São Raimundo vai encarar a Juventus-SP.

O Vasco tentou impor uma pressão no início da partida, mas foi surpreendido logo com três minutos. Em contra-ataque rápido, Bruno Carioca lançou Fábio. O atacante finalizou sem chance para o goleiro cruz-maltino para abrir o placar.

O revés fez os cariocas partirem em busca do empate com mais intensidade. O Vasco conseguiu chegar ao gol aos 15 minutos. Hugo Borges aproveitou falta cobrada na área para cabecear para a rede paulista.

Depois da igualdade, os cruz-maltinos seguiram melhores em campo. No entanto, aos cariocas desperdiçaram algumas boas chances de virar o placar. O Nacional, nos contra-ataques, conseguia ser perigoso e assustava em alguns lances. Com isso, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o Vasco voltou com mais vontade e pressionou o Nacional desde os primeiros minutos. Depois de perder algumas chances, os cruz-maltinos chegaram ao segundo gol aos 11 minutos. Após cruzamento rasteiro, Hugo Borges escorou, a bola passou por debaixo do goleiro paulista e entrou mansamente.

Após revés, o Nacional foi obrigado a ir para o ataque para buscar o resultado. No entanto, o Vasco teve espaço para avançar e chegou ao terceiro gol aos 17 minutos. Em contra-ataque rápido, Bruno Cosendey pegou bola rebatida na área e só teve o trabalho de colocar para a rede.

O terceiro gol carioca foi sentido pelo Nacional, que mostrou abatimento em campo. Com isso, o Vasco passou a dominar a partida e controlar a posse de bola para não correr riscos. O panorama do confronto permaneceu o mesmo até os acréscimos, quando os paulistas fizeram o segundo gol com Bruno, em cobrança de pênalti, para dar números finais ao jogo.

Deixe seu comentário