Futebol

Mãe de CR7 lança livro e exalta filho: “Foi a estrela que iluminou minha vida”

Fernanda Lucki Zalcman - São Paulo , SP
22/05/2018 22:41:01 — 22/05/2018 23:20:21

Em: Copa do Mundo, Futebol, Futebol Internacional, Portugal, Real Madrid

“Foi a estrela que iluminou a minha vida”. Foi assim que Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo, iniciou seu discurso durante o lançamento de seu livro nesta terça-feira, em São Paulo. Intitulada “Mãe Coragem”, conta a história de sua vida e um episódio em especial chama a atenção de todos: o quase aborto de CR7.

Com uma vida precária, um marido ausente e três filhos, Dolores descobriu a quarta gravidez e pensou em interrompê-la. Contou que tomou um chá caseiro, que não funcionou, o que forçou-a a seguir com a gestação. Tudo mudou porém, quando Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro veio ao mundo.

“Foi uma grande alegria, e ainda bem que não consegui abortar. Porque ele foi uma estrela que iluminou a nossa vida”, destacou a mãe do gajo em entrevista à Gazeta Esportiva.  “Por isso, quero aconselhar as mulheres a não fazerem isso, porque nunca se sabe o filho que vai ter. Acho que sou a ‘mulher coragem’, e quero dizer a todas as mulheres que lutem! As coisas mais valiosas que temos na vida são nossos filhos”, acrescentou, enfatizando o objetivo do livro em inspirar outras mulheres a serem fortes como ela foi.

Dolores ainda ressaltou o fator família na vida do melhor jogador mundo, além claro de muito trabalho. “Estou muito satisfeita com o Ronaldo ter chegado ao ponto que chegou. Ronaldo trabalha muito, é muito amigo e tem os pés bem no chão. Aquilo que ele alcançou, é por muito trabalho. E nós que demos a força para o Ronaldo chegar onde chegou. Acho que se tiver um bom pilar perto da pessoa, chega-se longe”.

Com a Copa do Mundo chegando, a autora do livro ainda comentou sobre as expectativas do filho para a competição e pontuou quem é melhor: CR7 ou Lionel Messi: “Ronaldo não é obcecado por isso (título da Copa). Claro que se ganhar vai ficar muito feliz, mas tudo que tinha para ganhar, ele já ganhou”, revelou. “O Messi tem seu valor e meu filho também é bom. Mas claro que meu filho é melhor, porque é meu filho”, completou de forma bem-humorada.

Essa é a segunda passagem de Dolores pelo Brasil, a primeira por São Paulo. Entre autógrafos e fotos com os fãs presentes no evento, ela conta que se sente em casa no país. Ela declarou, inclusive, que abrirá junto com sua filha Kátia Aveiro, também presente no evento, um restaurante com um cardápio português, em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Ads – Rodapé Posts