Há um ano, Marta se tornava a maior artilheira da história das Copas

São Paulo, SP

18-06-2020 15:16:24

O dia 18 de junho de 2019 entrou para a história do futebol. Neste dia, que completa exatamente um ano nesta quinta-feira, a atacante Marta marcou o seu 17º gol em Copas do Mundo, ultrapassando o alemão Klose e tornando-se a maior artilheira do torneio.


O tento saiu na partida contra a Itália, pela fase de grupos do Mundial Feminino de 2019, na França. Aos 28 minutos da primeira etapa, a árbitra sinalizou pênalti. Na cobrança, a camisa 10 da Seleção converteu e entrou para a história. Além disso, o gol foi o único do jogo, que classificou o Brasil às oitavas de final.

Na comemoração, a Rainha, que não fechou patrocínio com nenhuma marca esportiva, apontou para a sua chuteira, que era totalmente preta, uma forma de protestar contra a desigualdade de gênero. Na saída do confronto, ela comentou sobre o feito e a reivindicação.

"Quebrar recordes é algo que acontece naturalmente quando se dedica, faz trabalho com amor. Digo que a gente (mulheres) está quebrando muitas barreiras, e esse recorde representa bastante, porque não é só a jogadora Marta, mas as mulheres. Em um esporte que ainda é masculino pra muitos, temos uma mulher como a maior artilheira das Copas. É para todas elas”, pontuou.

A Copa do Mundo da França também trouxe outro recorde para Marta. Ela se tornou a única atleta, entre homens e mulheres, a marcar em cinco edições diferentes do torneio.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com


Deixe seu comentário