Copa do Brasil

Maracanã | 12/09/2018

Em clima quente, Flamengo e Corinthians abrem semifinal no Maracanã

Tomás Rosolino e Gazeta Press - São Paulo , SP
12/09/2018 08:33:11 — 12/09/2018 19:42:20

Em: Copa do Brasil, Corinthians, Escolha do editor, Flamengo, Futebol
Estádio carioca será a casa do primeiro jogo (Foto: Bruno Haddad/FFC)

Um clima de rivalidade muito grande deve tomar conta do Maracanã nesta quarta-feira, quando Flamengo e Corinthians duelam, a partir das 21h45 (de Brasília), pelo confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil. Desde que o confronto foi definido os dois lados, principalmente seus dirigentes, começaram a trocar farpas pela imprensa em uma atmosfera que pode ser transferida para dentro das quatro linhas.

Andrés Sánchez, mandatário do Timão, e Eduardo Bandeira de Mello, do Flamengo, se tornaram inimigos políticos no cenário nacional desde que o primeiro acusou o segundo de aliciar o técnico Fábio Carille, hoje já fora do Parque São Jorge e trabalhando na Arábia Saudita. As farpas seguiram até a véspera do jogo, quando Sánchez rebateu reclamações de Bandeira sobre o trio de arbitragem sorteado para o jogo, dizendo que o dirigente do Flamengo tinha pretensões políticas para as eleições de outubro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Desfalques e CBF

Outro tema que esquentou a decisão, com  volta marcada para o dia 26 de setembro na Arena Corinthians, é a convocação feita pelo técnico Tite para a Seleção Brasileira, que quase tirou Lucas Paquetá, meio-campista do Flamengo, da partida. O clube vai fretar um avião para buscá-lo nos Estados Unidos a tempo de disputar o duelo. O passado corintiano do técnico canarinho irritou os rubro-negros e virou tema de reclamação por parte de Maurício Barbieri, comandante do Flamengo.

“Infelizmente a CBF marca jogos decisivos em dias de convocação da Seleção Brasileira e se nega adiar a partida, mesmo adiando diversos jogos. Isso obriga um clube a fretar um avião e prejudicar o desempenho de um jogador por conta do desgaste. Considero isso um absurdo. Mas cabe ao Flamengo trabalhar para chegar bem nesta semifinal e conseguir um resultado positivo contra o Corinthians”, disse Barbieri.

Soma-se a isso a provável presença de Fagner, desconvocado para as mesmas partidas após a apresentação de um laudo médico pelo Corinthians aos médicos da CBF. Fora há três jogos, o defensor treinou desde segunda-feira e deve estar apto a entrar em campo, o que irritou ainda mais os rubro-negros. Em resposta, o Timão divulgou o exame do atleta e preferiu exaltar o seu departamento médico.

Dentro de campo, Fla é favorito

Apesar das reclamações, o Flamengo chega mais fortalecido que o Corinthians para estes encontros, pois faz boa campanha no Campeonato Brasileiro, apesar de estar despencando na tabela de classificação. É o quarto colocado após liderar boa parte da disputa.

No fim de semana venceu a Chapecoense por 2 a 0, enquanto que o Corinthians perdeu de 1 a 0 para o Palmeiras e se distancia cada vez mais da zona de classificação para a Copa Libertadores. O técnico Jair Ventura, que assumiu o elenco na semana passada na vaga de Osmar Loss, entende que a reação passa pelo emocional dos atletas.

“Temos que sair dessa situação, trabalhar, melhorar e isso precisa ser rápido, pois temos este jogo contra o Flamengo e precisamos de um bom resultado para levarmos a decisão para São Paulo” disse o goleiro Cássio. Já os flamenguistas sabem da necessidade de um bom resultado para poderem ter mais tranquilidade na partida de volta. A força da torcida é tratada como um aliado no confronto desta quarta-feira.

“Nós precisamos conseguir fazer um bom jogo, pois o Corinthians é um rival qualificado e vai criar dificuldades. O importante é irmos para São Paulo com alguma vantagem para trabalharmos melhor por lá. Esperamos mais uma vez o carinho dos torcedores”, lembrou o goleiro Diego Alves.

Times quase definidos

Em termos de escalação, o Flamengo terá força máxima, pois vai fretar avião para trazer a tempo LUcas Paquetá e o outro volante do time, Gustavo Cuéllar, servindo à seleção colombiana. Barbieri tem dúvida no ataque, onde três disputam uma vaga: Lincoln, Fernando Uribe e Henrique Dourado.

Pelo lado do Corinthians, a maior novidade fica pelas voltas do zagueiro Pedro Henrique e do próprio Fagner, recuperados de lesão. O primeiro, no entanto, segue no banco de Léo Santos. Na frente, sem Roger, Jair apostou no trio Jadson, Clayson e Romero.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de setembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho; Lincoln
Técnico: Maurício Barbieri

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel e Douglas; Jadson, Romero e Clayson
Técnico: Jair Ventura