Corinthians busca virada sobre o América para seguir na Copa do Brasil e embolsar bolada

São Paulo, SP

03-11-2020 20:06:44

Corinthians e América-MG se enfrentam na noite desta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Belo Horizonte, no Estádio Independência.

Depois de perder por 1 a 0 em Itaquera, o Timão terá de buscar uma vitória por, no mínimo, dois gols de diferença para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Um triunfo alvinegro por um gol, independente do placar, levará a definição aos pênaltis. Ao Coelho, qualquer vitória ou até mesmo o empate servem.

Vagner Mancini não poderá contar com Jô e Boselli, machucados, além de Danilo Avelar e Mantuan, que ficarão afastados por meses. Otero, Fábio Santos e Gustavo Mosquito também estão fora por já terem atuado no torneio por outras equipes.

A tendência é de Matheus Davó ser mantido entre os titulares depois de entrar contra o Inter e marcar o gol da vitória. O atleta de 21 anos não faz duas partidas seguidas há um ano.

O América do técnico Lisca, apesar do revés no último fim de semana pela Série B do Brasileirão, vive boa fase e briga para conseguir o acesso à elite. O treinador, inclusive, chegou a colocar a Copa do Brasil em segundo plano.

Quem passar entre Corinthians e América vai embolsar o prêmio de R$ 3,3 milhões da CBF, além da quantia paga pela disputa nas oitavas de final, que equivale a R$ 2,6 milhões.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X CORINTHIANS

Data: 28 de outubro de 2020, quarta-feira
Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Alê, Juninho e Ademir, Léo Passos e Felipe Azevedo
Técnico: Lisca

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Ramiro e Éderson (Cantillo); Cazares, Matheus Vital (Luan) e Matheus Davó.
Técnico: Vagner Mancini


Deixe seu comentário