Copa do Brasil

Nilton Santos | 27/2/2019 - 21:30

Futebol/Copa do Brasil

Com dois de Erik, Botafogo vence o Cuiabá e avança na Copa do Brasil

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
27/02/2019 23:32:53 — 27/02/2019 23:41:52

Em: Botafogo, Copa do Brasil, Cuiabá, Notícias

O Botafogo garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil ao derrotar o Cuiabá por 3 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos. Mesmo sem fazer uma grande exibição, o Alvinegro de General Severiano soube aproveitar as oportunidades para construir o resultado que o mantém na competição nacional. Na próxima fase, o Botafogo vai enfrentar o vencedor do duelo entre o América-MG e Juventude, de Caxias do Sul. Os gols foram marcados por Erik, dois, e Rodrigo Pimpão.

O jogo foi de bom nível técnico. O Cuiabá mostrou uma equipe organizada que deu muito trabalho ao time da casa, principalmente no primeiro tempo, mas errou ao desperdiçar várias oportunidades de gol. O Botafogo chegou a ser vaiado durante o segundo tempo, mas conseguiu garantir a vitória graças à objetividade dos seus atacantes que souberam explorar, com competência, os espaços deixados pelo adversário.

Erik marcou dois gols no triunfo alvinegro (Foto: Reprodução/Twitter)

Debaixo de chuva forte, a partida começou com um susto na torcida do Botafogo. Depois de um erro na saída de bola, Gutierrez arrancou livre para a área, mas se atrapalhou antes da conclusão e acabou desarmado pela zaga alvinegra. Aos cinco minutos, foi a vez de Junior arrancar para a área, levando perigo para a zaga alvinegra. Apesar do campo pesado, o Cuiabá se movimentava com velocidade e levava perigo constante ao gol defendido por Gatito Fernández.

Só aos nove minutos é que o Botafogo atacou, pela primeira vez, com um lançamento de Gustavo Bochecha para Kieza, mas o goleiro Victor Souza saiu com precisão e aliviou o perigo. O Alvinegro carioca melhorou de produção e, aos 12 minutos, o zagueiro Marcelo fez bonita jogada individual na área cuiabana e chutou rasteiro para defesa difícil de Victor Souza.

Depois dos 15 minutos, a chuva diminuiu de intensidade e os times passaram a trocar passes com mais facilidade.  O Botafogo subiu de produção e passou a rondar a área da equipe visitante. Aos 22 minutos, Alex Santana recebeu na intermediária e mandou a bomba que bateu na barriga de Edson Borges, fazendo a torcida carioca pedir a marcação de pênalti.

Aos 28 minutos, Erik lançou Rodrigo Pimpão pela direita. O atacante se livrou do marcador e bateu cruzado, mas a bola saiu bem perto da trave direita. Logo depois, Kieza mandou de bicicleta e a bola assustou o goleiro Victor Souza.

Atendendo a uma ordem do técnico Zé Ricardo, Erik  e Pimpão trocavam frequentemente de posição para confundir a defesa adversária. O Cuiabá, por sua vez, perdeu o ímpeto ofensivo dos primeiros minutos, e parecia mais preocupado em reduzir a velocidade do jogo.

Com o controle da partida, o Botafogo seguia pressionando em busca do primeiro gol. Aos 42 minutos, em cobrança ensaiada de falta, Marcinho bateu falta e a bola saiu tocando nas redes, pelo lado de fora, e fazendo parte da torcida gritar gol.

Aos 44 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. O time alvinegro recuperou a bola na intermediária e Pimpão tocou para Leo Valencia na direita. O chileno fez um lançamento perfeito que Erik que entrou na corrida e bateu para as redes. Antes do final da primeira etapa, o atacante Gutierrez chutou forte e assustou Gatito Fernández, mas a bola encobriu o travessão.

O Cuiabá voltou disposto a buscar o gol do empate. O time do Mato Grosso adiantou sua equipe para aumentar a pressão, enquanto o Botafogo tentava aproveitar os espaços deixados pela necessidade de ataque do adversário.

Aos quatro minutos, Gutierrez recebeu na esquerda e fez lançamento preciso para Eduardo Ramos que entrou tocando para deslocar Gatito Fernândez, mas a bola passou perto da trave. Logo depois, o time visitante desperdiçou outra oportunidade para deixar tudo. Após cruzamento, a zaga se atrapalhou e Caio Dantas, na pequena área, tentou encobrir Gatito Fernández, mas a bola acabou subindo demais.

O Botafogo encontrava muita dificuldade para conter os avanços do Cuiabá e tentava chegar ao ataque em lançamentos para Erik. Aos 15 minutos, o Cuiabá criou outra boa chance. Após troca de passes, a bola ficou para Junior na entrada da área. O atacante bateu no canto e Gatito Fernández caiu para ficar com a bola.

Preocupado com o baixo rendimento da equipe no segundo tempo, o técnico Zé Ricardo decidiu mexer no setor de armação, trocando Gustavo Bochecha e Alex Santana por Jean e pelo estreante Cícero. A torcida vaiou o técnico Zé Ricardo porque queria a saída do atacante Kieza.

Aos 24 minutos, após rebatida defeituosa de Marcinho, a bola ficou com Danilo que arriscou de longe. A bola quicou no gramado e quase enganou Gatito Fernández que defendeu no susto. Logo depois, o goleiro paraguaio teve que fazer outra defesa difícil em chute de Gutierrez.

Quando a torcida mostrava sinais de impaciência, o Botafogo marcou o segundo gol, aos 26 minutos. Cícero fez ótimo lançamento para Kieza que deu um toque preciso para a entrada de Rodrigo Pimpão que só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro do Cuiabá.

O Cuiabá desanimou e o Botafogo marcou o terceiro gol aos 36 minutos, novamente com Erik, de pênalti, depois que Rodrigo Pimpão foi agarrado na grande área pelo volante Escobar.

Nos minutos finais, o Botafogo passou a administrar a vantagem, enquanto o Cuiabá tentava ao menos buscar o chamado gol de honra. Aos 47 minutos, Gatito evitou o gol com grande defesa e o zagueiro Douglas Mendes ainda conseguiu ser expulso, ao tentar agredir Rodrigo Pimpão.

BOTAFOGO-RJ 3 X 0 CUIABÁ-MT

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de fevereiro de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)
Cartão Amarelo: Gabriel, Jean, Rodrigo Pimpão(Bota; (Danrlei, Escobar, Eduardo Ramos(Cuia)
Cartão Vermelho: Douglas Mendes(Cuiabá)
Gols:
BOTAFOGO: Erik, aos 44 minutos do primeiro tempo e 36 minutos do segundo tempo; Rodrigo Pimpão, aos 26 minutos do segundo tempo
BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Gustavo Bochecha(Jean), Alex Santana(Cícero) e Leo Valencia; Erik, Rodrigo Pimpão e Kieza(Luiz Fernando)
Técnico: Zé Ricardo
CUIABÁ: Victor Souza, Weriton, Danrlei(Douglas Mendes), Edson Borges e Danilo; Escobar, Alê, Eduardo Ramos e Caio Dantas(João Henrique); Gutierrez(Matheus Pato) e Junior
Técnico: Itamar Schülle

 

 

Ads – Rodapé Posts




Escalação
Botafogo

Gatito Fernandez


Marcinho


Gabriel


Marcelo Benevenuto


Jonathan


Gustavo Buchecha


Alex Santana


Leonardo Valencia


Rodrigo Pimpão


Erik


Kieza


Jean


Cícero


Luiz Fernando


Tec - Zé Ricardo
Cuiabá

Victor Souza


Weriton


Danrlei


Edson Borges


Danilo


Jonata Escobar


Alê


Agustín Gutiérrez


Eduardo Ramos


Júnior Todinho


Caio Dantas


Douglas Mendes


Matheus Pato


João Henrique


Itamar Schulle - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores