Futebol/Copa do Brasil

Bragantino vence Vitória e larga na frente na Copa do Brasil

São Paulo , SP
28/02/2018 21:24:26 — 13/03/2018 13:56:46

Em: Bragantino, Copa do Brasil, Futebol, Náutico, Vitória-BA

Pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Bragantino recebeu o Vitória em seus domínios e venceu por 1 a 0. O primeiro tempo foi morno, sem muitas chances de gol, enquanto a segunda etapa foi mais quente, com dois jogadores expulsos no fim do jogo.

O jogo de volta está marcado para o dia 15 de março, lembrando que nesta edição da competição, gol marcado fora de casa não conta como vantagem.

A partida começou bem movimentada, com as duas equipes trabalhando bem a bola e buscando o ataque. O Vitória tinha mais posse de bola no começo de jogo, mas não conseguia finalizar para o gol. A primeira jogada de perigo foi do Bragantino e apenas aos 18 minutos, quando Anderson Ligeiro, no lado direito da área, chutou forte para o gol e Fernando Miguel fez boa defesa.

Jogadores do Bragantino comemorando o gol da vitória (Foto: Bragantino/Divulgação)

Com 25 jogados, após cobrança de lateral, Matheus Peixoto recebeu a bola e ajeitou para Danilo Bueno, mas o meia do Bragantino chutou por cima do gol.

Aos 35, o Vitória conseguiu levar perigo efetivo pela primeira vez no confronto. Pedro Botelho recebeu na lateral esquerda e chutou rasteiro e cruzado, mas a bola acabou saindo por pouco. Três minutos depois, veio a resposta do Braga. Danilo Bueno cobrou falta na lateral esquerda e jogou a bola na área. Matheus Peixoto aproveitou e mandou de cabeça para o fundo da rede, abrindo o placar.

Após o gol, o time da casa ficou concentrado em seu campo de defesa, enquanto o Vitória trocava passes. No fim do primeiro tempo, a equipe baiana pressionou o adversário, mas seguia sem conseguir finalizar.

A segunda etapa já começou agitada. Logo no primeiro minuto, Anderson Ligeiro, pela direita, bateu cruzado para o gol, mas Fernando Miguel desviou para escanteio.

O Bragantino seguiu fazendo boa marcação, evitando as finalizações do Vitória. O Leão por sua vez, trocava passes no meio, mas não conseguia a infiltração. Aos 19, André Lima cobrou falta em cima da barreira, mas no rebote, chutou novamente para o gol e a bola passou perto do gol, desperdiçando a chance do empate.

Cinco minutos depois, foi a vez do Massa Bruta responder. Danilo Bueno cobrou a falta e mandou a bola muito perto do gol – a bola passou próxima à trave esquerda.

Aos 26, a situação do Vitória ficou ainda mais complicada, após Uillian Correia receber o segundo cartão amarelo e ir mais cedo para o vestiário. Porém, a vantagem numérica durou pouco, já que aos 29 minutos, Ítalo recebeu vermelho direto por uma falta em André Lima.

Com 37 completos, William Schuster roubou a bola, avançou ao ataque e cruzou rasteiro na área. Matheus Peixoto chegava sozinho para completar, mas escorregou e viu a oportunidade de ampliar escapar. Já nos acréscimos, mais uma expulsão para o Vitória: Yago recebeu o segundo amarelo.

Náutico vence Cuiabá e sai na frente

Também pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Náutico bateu o Cuiabá Esporte por 2 a 1 em casa. O primeiro gol saiu apenas aos 12 minutos do segundo tempo com Ortigoza. Wallace Pernambuco cobrou falta, a bola bateu na barreira, ficou dentro da área e Ortigoza não perdoou.

Dez minutos depois, o Cuiabá descontou com Doda, que aproveitou bate-rebate dentro da área para estufar a rede adversária e empatar a partida. A alegria, porém, durou pouco. Mais dez minutos no cronômetro e Tharcysio aproveitou rebote após boa jogada de Thiago Ennes para deixar o Timbu novamente na frente.