Vasco se despede da Taça Guanabara com vitória sobre a Portuguesa

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

09-02-2020 18:20:11

Mesmo já eliminado da Taça Guanabara, o Vasco atuou com os titulares e venceu por 3 a 2 a Portuguesa, neste domingo, em Bacaxá. Com o resultado, os cruzmaltinos terminaram com sete pontos o primeiro turno do Estadual, longe da zona de classificação para as semifinais.

O Vasco foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com Werley. A Portuguesa empatou em seguida, com Chay. Nos acréscimos da etapa inicial, Werley marcou novamente, deixando o cruzmaltino em vantagem. No segundo tempo, German Cano marcou o terceiro dos vascaínos. Antes do fim, Maicon Douglas ainda diminuiu para a Portuguesa.

Os vascaínos voltam a campo nesta quarta-feira, quando encaram o Alto-PI, pela Copa do Brasil. Pelo Estadual, os cruzmaltinos enfrentam o Resende, no primeiro fim de semana de março, pela Taça Rio.

O jogo - O Vasco começou melhor e quase abriu o placar logo aos três minutos, com Marrony. O atacante arriscou da entrada da área e levou perigo para Max.

A partir dai, o duelo ficou equilibrado, com as duas equipes em busca do ataque, mas errando no setor ofensivo. O Vasco voltou a assustar aos 26 minutos, novamente com Marrony, que chutou pela linha de fundo. Depois, foi a vez de German Cano acertar o travessão.

De tanto insistir, o Vasco abriu o placar aos 32 minutos. Yago Pikachu cruzou para Werley cabecear para a rede.

Só que o revés não foi sentido pela Portuguesa, que conseguiu o empate aos 34 minutos. Valer cruzou para Chay cabecear entre as pernas de Fernando Miguel.

O Vasco voltou a pressionar nos minutos finais e foi recompensado nos acréscimos. Em novo cruzamento de Yago Pikachu, mais uma vez Werley mandou para a rede para deixar os cruzmaltinos em vantagem no intervalo.

No segundo tempo, os cruzmaltinos quase ampliaram logo aos três minutos. Em avanço rápido, a bola chegou em Raul, que entrou na área e chutou cruzado muito próximo ao gol. Depois, foi a vez de German Cano receber passe na pequena área e chutar em cima de Max.

A Portuguesa só conseguiu assustar aos oito minutos, em chute de Romarinho. Fernando Miguel estava atento para fazer boa defesa.

Depois disso, o jogo caiu de rendimento. O Vasco passou a administrar o resultado. Já a Portuguesa parecia não ter força para pressionar em busca do empate.

Somente na parte final, os cruzmaltinos voltaram a levar perigo. Cano aproveitou bate e rebate e tentou de bicicleta, mas viu Diego Maia salvar na linha. Só que aos 40 minutos, o argentino recebeu passe na área e chutou para a rede.

Antes do fim, a Portuguesa ainda descontou com Maicon Douglas, para dar números finais em Bacaxá.

FICHA TÉCNICA:
PORTUGUESA 2 X 3 VASCO

Local: Eucyr Resende de Mendonça, em Bacaxá (RJ)
Data: 9 de fevereiro de 2020, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga
Assistentes: Michael Correia e Márcio Moreira de Queiroz
Renda: R$ 30.220,00
Público: 1.1150
Cartões amarelos: Diego Maia (Portuguesa); Andrey e Werley (Vasco)
GOLS:
PORTUGUESA: Chay, aos 34min do primeiro tempo; Maicon Douglas, aos 43min do segundo tempo
VASCO: Werley, aos 32 e 47min do primeiro tempo; German Cano, aos 40min do segundo tempo

PORTUGUESA: Max, Valdir, Dilsinho, Diego Guerra e Diego Maia; Maicon Douglas, Muniz (Alexandre) e Romarinho; Chay (Mauro), Matheus Pimenta (André Silva) e Nixon
Técnico: Rogério Corrêa

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Werley e Henrique (Alexandre); Andrey, Raul e Marcos Júnior (Juninho); Marrony (Ribamar), Vinícius e German Cano
Técnico: Abel Braga

Deixe seu comentário