Futebol/ Campeonato Carioca

Flamengo e Vasco empatam sem gols no Maracanã

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
27/01/2018 19:06:34 — 27/01/2018 19:11:01

Em: Campeonato Carioca, Flamengo, Região Sudeste, Vasco
Torcida rubro-negra desfere vaias ao final do duelo (Foto: Paulo Fernandes/ CRVG)

O Flamengo perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca ao empatar sem gols, com o Vasco, no clássico disputado na tarde deste sábado, no Maracanã, pela quarta rodada do primeiro turno. O resultado fez o rubro-negro da Gávea seguir na liderança do Grupo B com dez pontos, garantindo a classificação para as semifinais. No entanto, mesmo assim, a equipe saiu de campo vaiada. O Vasco é o quinto colocado com quatro pontos e vai depender da última rodada para conseguir a vaga entre os dois melhores da chave.

O resultado foi justo porque os dois times mostraram mais defeitos do que qualidades. O técnico Carpegiani promoveu o retorno de alguns jogadores que estavam em treinamento, mas não conseguiu mostrar um futebol melhor do que o apresentado nas partidas anteriores com os garotos. O Vasco sentiu a ausência de Nenê e tentou superar a falta de qualidade técnica com muita luta.

Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Nova Iguaçu, no Mané Garrincha, em Brasília; o Vasco vai receber o Volta Redonda, em São Januário.

O jogo – Os dois times começaram a partida em ritmo lento. Principalmente o Vasco que parecia mais preocupado em estudar o adversário do que partir efetivamente para o ataque. E o Flamengo criou o primeiro momento de emoção, logo aos três minutos. Lucas Pàquetá tabelou com Vinicius Júnior e cruzou para a cabeçada de Felipe Vizeu, mas a bola saiu.

O Vasco acordou e respondeu aos seis minutos com um chute longo de Evander que passou perto da trave defendida por César. Na jogada seguinte, o Flamengo perdeu a primeira grande oportunidade para marcar. Everton Ribeiro fez ótimo passe para Felipe Vizeu que entrou livre na área, mas chutou em cima de Martín Silva, facilitando a defesa do goleiro vascaíno.

Aos sete minutos, Andrés Rios ganhou na corrida da zaga rubro-negra, mas concluiu mal, sem perigo para César.
A partida ficou equilibrada com os dois times se alternando em jogadas de ataque. O Flamengo tentava aproveitar a velocidade de Vinicius Júnior e Paquetá, enquanto o Vasco tentava envolver a defesa rubro-negra com troca de passes.

Aos 15 minutos, Paulinho enfiou a bola entre as pernas de Rhodolfo e foi derrubado ao lado da área. Evander tentou a cobrança direta e César desviou para escanteio.

Depois da parada técnica, o ritmo da partida diminuiu, principalmente porque Rômulo e Everton Ribeiro não mais conseguiam dar velocidade ao ataque. Mesmo assim, foi o Flamengo que voltou a assustar aos 24 minutos em cabeçada de Rhodolfo, após cobrança de falta.

Aos 32 minutos, o time dirigido por Paulo César Carpegiani colocou a bola nas redes, mas o lance foi invalidado porque Felipe Vizeu estava impedido. Dois minutos depois, Vinicius lançou Lucas Paquetá na área, mas o goleiro Martín Silva foi mais rápido e ficou com a bola.

Nos minutos finais do primeiro tempo, os dois times já não mostravam mais disposição ofensiva, principalmente o Vasco que encontrava muita dificuldades para chegar na área adversária. E a torcida não perdoou, vaiando os dois times.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Vinicius Júnior investiu pela esquerda e cruzou para a entrada de Paquetá, Martín Silva conseguiu se antecipar e desviar para escanteio. O Flamengo se animou e partiu em busca do primeiro gol, apoiado pela torcida que sentiu o bom momento da equipe.
Encurralado nos primeiros minutos, o Vasco conseguiu sair do cerco imposto pelo Flamengo e conseguiu assustar o adversário em cabeçada de Andrés Rios que se aproveitou da falha de marcação da zaga rubro-negra.

Por volta dos 15 minutos, o técnico Zé Ricardo decidiu tornar sua equipe mais ofensiva e trocou o meia Evander pelo atacante Rildo. Carpegiani também resolveu mudar e trocou o volante Romulo, de atuação apagada, pelo atacante colombiano Marlos Moreno. O estreante Moreno entrou para atuar aberto pelo lado direito do ataque. Logo depois, o atacante colombiano Riascos que voltou ao clube de São Januário, entrou na vaga de Andrés Rios.

Outras mudanças foram feitas, mas as equipes não recuperaram a objetividade. Aos 30 minutos, Vinicius Júnior recebeu na entrada da área e bateu torto. A bola foi sair na lateral do outro lado, o que lhe rendeu muitas vaias.
Aos 38 minutos, Lincoln invadiu pela esquerda e cruzou para cabeçada muito perigosa de Lucas Paquetá. Dois minutos depois foi a vez do Vasco ameaçar quando Jean Lucas derrubou Henrique nas proximidades da área. Só que Pikachu mandou a bola na barreira e desperdiçou a oportunidade.

O Flamengo teve uma grande chance para liquidar a fatura aos 42 minutos quando Marlos Moreno colocou Vinicius Júnior na cara do gol, mas o atacante falhou ao tentar encobrir Martín Silva e a bola ficou nas mãos do goleiro.
Nos últimos minutos, o Flamengo ainda tentou a marcação do gol da vitória e Léo Duarte chegou a marcar um gol de cabeça, mas o árbitro anulou, marcando falta do zagueiro rubro-negro. E os dois times voltaram a ser vaiados no final do jogo.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 VASCO

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de janeiro de 2018, sábado
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Thiago Henrique Corrêa Farinha
Cartão Amarelo: Renê, Rhodolfo, Jean Lucas, Vinicius Júnior(Fla);Desábato, Yago Pikachu(Vas)

FLAMENGO: César; Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Cuéllar, Romulo(Marlos Moreno) e Everton Ribeiro(Jean Lucas); Lucas Paquetá, Vinícius Júnior e Felipe Vizeu(Lincoln)
Técnico: Paulo César Carpegiani

VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Ricardo Graça, Erazo e Henrique; Wellington, Desábato, Evander(Rildo), Wagner e Paulinho(Caio Monteiro); Andrés Rios(Riascos)
Técnico: Zé Ricardo