Botafogo fica no empate sem gols com o Nova Iguaçu pela Taça Rio

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

02-05-2021 20:06:12

A Taça Rio é mais do que um "torneio de consolação" para o Botafogo. É uma oportunidade de mostrar evolução de olho no principal objetivo da temporada: a Série B. Porém, por enquanto, o sinal não foi dos melhores. Neste domingo, o Fogão empatou sem gols com o Nova Iguaçu, no Estádio Nilton Santos, no jogo de ida da semifinal.

O resultado não foi o único problema. A atuação deixou a desejar. O técnico Marcelo Chamusca teve mais uma semana de treinos, mas o time pouco mostrou, especialmente ofensivamente. A torcida do Glorioso está preocupada e torce pela chegada de reforços.

Por ter ficado à frente do Botafogo na fase de classificação do Campeonato Carioca, o Nova Iguaçu tem vantagem de dois resultados iguais. Desta forma, pode empatar o jogo de volta, no próximo domingo, às 18h, que avança à final da Taça Rio. O Botafogo, além de vencer, vai precisar mostrar mais futebol.


O jogo

O Fogão assustou logo aos seis minutos. Felipe Ferreira cruzou para Marco Antônio, que cabeceou para fora. O jogo, porém, ficou truncado, brigado e sem muitas oportunidades.

A solução foi arriscar chutes de fora da área. Pedro Castro levou perigo em finalização. O Nova Iguaçu usou o mesmo expediente. Anderson Kunzel também errou o alvo. O volante do Botafogo voltou a assustar aos 40 minutos. Pedro Castro ficou com rebote e emendou com força, para fora.

O técnico Marcelo Chamusca mudou logo no intervalo e tentou tornar o Botafogo mais ofensivo. Ele lançou o atacante Marcinho no lugar do volante Rickson. O Fogão continuou com dificuldade para criar e viu Douglas Borges brilhar. Kunzel cabeceou e viu o goleiro salvar no contrapé.

(Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Luis Henrique também precisou trabalhar do outro lado. Matheus Nascimento ficou com sobra e chutou da entrada da área. O goleiro do Nova Iguaçu espalmou. Chamusca fez mais duas mudanças. Ele colocou Ronald no lugar de Marco Antônio e Warley na vaga de Jonathan. Mais uma vez, o atacante foi usado na lateral direita.

Marcinho fez boa jogada pela esquerda e levantou para área, mas Felipe Ferreira não cabeceou como gostaria e não aproveitou o lance. Chamusca fez as últimas mudanças. Entraram Romildo e Ênio. Saíram Pedro Castro e Felipe Ferreira.

Romildo foi acionado pela direita e cruzou. A bola bateu na mão de Mezenga, dentro da área. A arbitragem não viu o lance e deixou passar. O Botafogo amargou o empate sem gols.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 0 X 0 NOVA IGUAÇU

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
Data: 02/05/2021 (domingo)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitra: Rejane Caetano da Silva
Assistentes: Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sa  E José Waldson de Matos Modesto
Cartão amarelo: Pedro Castro e Rickson (Botafogo) e Anderson Künzel e Gabriel (Nova Iguaçu)

BOTAFOGO: Douglas Borges; Jonathan (Warley), Kanu, David Sousa e PV; Rickson (Marcinho), Matheus Frizzo e Pedro Castro (Romildo); Marco Antônio (Ronald), Felipe Ferreira (Ênio) e Matheus Nascimento
Técnico: Marcelo Chamusca.

NOVA IGUAÇU: Luis Henrique; André Santos, Leonardo, Rafinha e Mezenga; Abuda, Vandinho (Riquelme), Anderson Künzel (Andrey) e Dieguinho (Gabriel); Yan (João Pedro) e Luã (Canela)
Técnico: Carlos Vitor.

Deixe seu comentário