Vasco busca recorde em choque de líderes contra o Atlético-GO

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

11-06-2016 08:13:27

O Vasco pode fazer história neste sábado, quando encara o Atlético-GO às 16h30 (de Brasília), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Isso porque o Cruz-Maltino pode atingir a marca de 35 partidas sem derrota, igualando a maior série invicta de sua história, que foi conquistada entre os anos de 1945 e 1946. O campeão carioca não sabe o que é perder desde o 1 a 0 sofrido para o Fluminense em novembro do ano passado, em clássico disputado pelo segundo turno do Brasileirão.

Jorginho, técnico do Vasco, vem conduzindo o time a um ano brilhante. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Joinville, na rodada passada, e com a proximidade do recorde, o treinador conversou com seus jogadores para evitar que isso prejudique o desempenho em campo.

“O Vasco tem consciência de que está vivendo um momento importante na história do clube. Logicamente, os jogadores conversam sobre isso entre a gente, no papo de vestiário, fora de campo. Mas sabemos que a invencibilidade só está acontecendo porque encaramos todas as partidas da mesma maneira, com humildade e respeito ao adversário. Contra o Atlético-GO vamos seguir atuando dessa maneira”, disse Jorginho.

O Vasco lidera a tabela de classificação da Série B com 19 pontos, três a mais que o Atlético, que vem de empate sem gols com o Paraná. A boa campanha dos goianos ligou o sinal de alerta na Colina.

“O Atlético-GO tem uma campanha muito boa nesta Série B e vem rivalizando com a gente a disputa pela liderança. Por isso merece o nosso respeito, pois tem conseguido grandes atuações. Vamos encontrar muitas dificuldades e temos que estar preparados. O Vasco tem o objetivo de vencer esse jogo e abrir vantagem, atingindo uma pontuação de grande nível para este momento da competição. Mas é preciso admitir que podemos estar diante de nosso adversário mais complicado até aqui, e essa partida vai exigir um nível ainda maior de concentração da nossa parte”, analisou o meia Andrezinho.

O bom momento do Vasco e o choque de líderes também é tratado com cautela pelo lado do Atlético.

“Vamos enfrentar uma grande equipe do futebol brasileiro, que conheço bem e que sei que está entre as melhores da atualidade. Portanto, temos que estar prontos para uma longa batalha. Mas o Atlético-GO não vem tendo esse bom desempenho por obra do acaso. Também estamos com nossas credenciais e espero uma partida de grande qualidade. Confio em meus comandados”, analisou Marcelo Cabo, técnico do Atlético.

Em termos de escalação, o Vasco tem novidade. Recuperado de uma lesão na coxa direita, o lateral-direito Madson será titular contra o Atlético. Assim, a tendência é Yago Pikachu ser deslocado para o meio a fim de melhorar a qualidade do passe, uma vez que Nenê, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, fica de fora.

Na equipe goianiense, o lateral-direito Edinei, recuperado de dores na coxa direita, retorna, assim como o volante Michel, que cumpriu suspensão contra o Paraná. O primeiro entra na vaga do lateral-esquerdo Romário, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, com Matheus Ribeiro sendo improvisado na esquerda. Já Michel entra no posto de William Schuster, que volta a ser opção no banco.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO x VASCO

Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Data: 11 de junho de 2016, sábado
Horário: 16h30 (Brasília)
Árbitro: Vinicius Goncalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP) e Gustavo Rodrigo de Oliveira (SP)

ATLÉTICO-GO: Marcos, Edinei, Lino, Marllon e Matheus Ribeiro; Pedro Bambu, Michel, Magno Cruz e Luiz Fernando; Gilsinho e Júnior Viçosa
Técnico: Marcelo Cabo

VASCO: Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; William Oliveira, Marcelo Mattos, Yago Pikachu e Andrezinho; Jorge Henrique e Leandrão
Técnico: Jorginho

Deixe seu comentário