Brasileiro Série B

Moisés Lucarelli | 19/06/2018

Futebol

Sem torcida, Ponte Preta tem dois expulsos e leva empate no fim

São Paulo , SP
19/06/2018 21:15:31 — 19/06/2018 21:21:56

Em: Brasileiro Série B, CSA, Escolha do editor, Futebol, Notícias, Ponte Preta

Enfim, o Moisés Lucarelli vai voltar a receber a torcida da Ponte Preta. Na noite dessa terça-feira, a Macaca cumpriu seu sexto e último jogo de punição em Campinas com um frustrante empate diante do CSA, por 1 a 1, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O resultado deixa os paulistas com 15 pontos, na provisória décima colocação. Já os alagoanos agora acumulam quatro partidas sem vencer e correm alto risco de perder a condição de membro do G4, com 21 pontos.

O nome do jogo para os mandantes foi Júnior Santos. O centroavante ainda não havia marcado nessa edição do nacional de acesso. Ainda no primeiro tempo, o camisa 9 da Ponte Preta aproveitou rebote do goleiro Mota, que não conseguiu segurar chute de Tiago Real.

Júnior Santos marcou seu primeiro gol pela Ponte Preta nessa noite (Foto: Fábio Leoni/AAPP)

Na etapa final, o goleiro Ivan foi do inferno ao céu em dois lances. Primeiro, Ivan saiu do gol de forma afoita e cometeu pênalti em Niltinho. O próprio atacante foi para a cobrança, mas parou em Ivan, que saltou no canto e espalmou a bola para escanteio. A sensação de alívio ficou estampada na comemoração de Ivan.

Fora o susto na penalidade, a Ponte Preta controlava o jogo sem maiores problemas. Isso até Paulinho exagerar na reclamação depois de receber o único cartão amarelo do jogo. O árbitro Dewson Fernandes Freitas da Silva não titubeou e expulsou o volante da Macaca.

Assim, os minutos finais ganharam em tensão e dramaticidade. O CSA, mesmo com um jogador a mais, não conseguia criar uma jogada clara de gol, e os donos da casa pareciam até controlar o resultado de forma tranquila e segura.

Tudo mudou aos 46 minutos. Hugo Cabral foi puxado por Lucas na entrada da área. Celsinho foi para a cobrança de falta e mandou na gaveta. Um golaço. Um balde de água fria nos ponte-pretanos.

Para piorar, Ourinho deu uma entrada violenta em Ferrugem assim que o jogo se reiniciou e também foi expulso. Com nove em campo, a Ponte Preta passou apuros nos últimos dois minutos do jogo. Apesar da frustração, ao menos evitou a virada.

Na próxima rodada, a Macaca visita o Figueirense, sábado, às 18h. Na véspera, o CSA recebe o Coritiba, em Maceió, também às 18h (sempre em horário de Brasília)

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 x 1 CSA

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 19 de junho de 2018, terça-feira
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernandes Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Hélcio Araújo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Cartão amarelo: Paulinho (PON)
Cartões vermelhos: Paulinho, Ourinho (PON).

GOLS
Ponte Preta: Júnior Santos, aos 34 minutos do 1T
CSA: Celsinho, aos 46 minutos do 2T.

PONTE PRETA: Ivan; Igor Vinícius, Léo, Renan Fonseca e Orinho; André Castro, Paulinho e Tiago Real (Felipe Saraiva); Danielo Barcelos, André Luís (Aaron) e Júnior Santos
Técnico: João Brigatti

CSA: Mota; Celsinho, Leandro Souza (Elivelton), Roger e Echeverría (Hugo); Edinho, Ferrugem e Didira (Taiberson); Niltinho, Walter e Michel Douglas
Técnico: Marcelo Cabo