Brasileiro Série B

Fonte Luminosa | 24/07/2018

Futebol/Brasileiro Série B

Ponte Preta é surpreendida pelo Juventude na Fonte Luminosa

Do correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
24/07/2018 22:38:52 — 24/07/2018 22:44:38

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Juventude, Ponte Preta

A Ponte Preta perdeu nesta terça-feira para o Juventude por 1 a 0 no Estádio da Fonte Luminosa pela 17ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em um jogo sem nenhum primor técnico, o Alviverde se mostrou mais organizado e soube suplantar o time paulista que tropeçou em suas deficiências. O único gol foi marcado por Elias aos 04 minutos do primeiro tempo.

Com o resultado, a Macaca permanece em oitavo lugar com 24 pontos. O Juventude tem a mesma pontuação, porém está em décimo lugar pelo número de vitórias.

Na próxima rodada a Ponte Preta visita o Coritiba no sábado,às 19h00 (horário de Brasília), no Couto Pereira. No mesmo dia o Juventude recebe o Fortaleza, às 16h30 (horário de Brasília), no Alfredo Jaconi.

Ponte tropeçou no Juventude nesta terça-feira (Foto: Fabio Leoni/Ponte Press)

O Jogo

Em um estádio praticamente vazio foi possível ouvir a orientação dos  treinadores e o que mais aparecia era João Brigatti que se mostrou mais participativo e energético a beira do gramado. Por sua vez, o Juventude aproveitou o fato de atuar em campo neutro e abriu o placar. Aos 04, após cruzamento de Maurício pela esquerda, Elias se antecipou a Léo Santos e desviou de cabeça no contrapé de Ivan.

A Macaca tentou partir para cima depois de levar o gol, mas encontrou um Alviverde bem posicionado na defesa. O time de Campinas começou a insistir muito com bola alta, porém sem nenhuma objetividade. Enquanto os comandados de Julinho Camargo especulam jogadas de contra-ataque na tentativa de ampliar o placar.

Por pouco a Ponte não chegou ao empate. Aos 24, após escanteio da esquerda, Nathan dominou dentro da área e foi travado em cima da hora. O rebote ficou com Paulinho, que arriscou de longe e obrigou Matheus a defender em dois tempos. Apesar de ter mais a bola, a Macaca não conseguiu ultrapassar as linhas defensivas do time da Serra. Na jogada mais usada na etapa inicial quase os donos da casa chegaram ao empate. Aos 45, Barcelos cruzou da esquerda, João Vitor subiu no meio dos zagueiros e testou firme. A bola passou muito perto da trave de Matheus.

Bem postado o Alviverde conseguiu controlar bem o ímpeto dos paulistas. Para chegar ao empate a Ponte precisa melhorar no setor de criação do meio-campo.

O técnico João Brigatti apostou em uma mudança tática para mudar o cenário da partida. Ele sacou o lateral-esquerdo Orinho para a entrada do atacante Neto Costa. Mesmo com mais poder ofensivo a Ponte não ameaçou a meta de Matheus Cavichioli.

Já o Juventude ficou todo recuado em seu campo e apostou em jogadas de velocidade no contra-ataque. Para melhorar a criatividade do meio-campo entrou o meia Felipe Saraiva para a saída do volante Nathan. Com dificuldade de penetrar na área os jogadores da Macaca começaram a arriscar chutes de longa distância. Aos 26, André Luis recebeu no meio, cortou para a esquerda e disparou. Matheus se esticou todo e espalmou.

Falta de esforço e pegada não faltaram para a Ponte que acabou sucumbindo em suas limitações técnicas principalmente no meio-campo. Dessa forma o trabalho do Alviverde ficou facilitado porque apenas destruía.

Pelo lado direito a Macaca conseguiu chegar em duas oportunidades. Aos 33, André Luis tentou novo lançamento para área. Desta vez, Danilo Barcelos se esticou todo, mas não conseguiu desviar para as redes. Quatro minutos depois, Ruan apareceu livre dentro da área e cruzou rasteiro. Neto Costa chegou atrasado.

Foi o triunfo da postura defensiva mais organizada e da efetividade demonstrada pelo Juventude. A Ponte fracassou em uma proposta de jogo equivocada e que raramente funcionou na partida da bola aérea.

Ficha Técnica
Ponte Preta 0 x 1 Juventude

Local: Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara-SP.
Data:  24 de julho, terça-feira.
Horário: 20h30 (horário de Brasília).
Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira e Thiago Gomes Magalhães (ambos do RJ).
Gol: Elias (Juventude), aos 04 minutos do primeiro tempo
Cartão amarelo: André Luís, Felipe Saraiva (Ponte Preta), Matheus Bertotto, Fred, Diones (Juventude)

Ponte Preta: Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Léo Santos e Orinho (Neto Costa); Nathan (Felipe Saraiva), João Vitor e Paulinho; Júnior Santos, Danilo Barcelos e André Luís (André Castro). Técnico: João Brigatti

Juventude: Matheus Cavichioli; Vidal, Micael, Fred e Maurício; Matheus Bertotto (Amaral), Diones, Jair (Tony) e Bruno Ribeiro, Denner e Elias. Técnico: Julinho Camargo