Oeste empata com Paysandu e escapa do rebaixamento

São Paulo, SP

28-11-2015 19:33:04

Pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Oeste, sob risco de rebaixamento, entrou em campo para enfrentar o Paysandu. Contudo, a equipe de Itápolis sabia que a permanência na elite dependia apenas de um empate diante do Papão. E o 0 a 0 garantiu o time paulista fora da Série C em 2016.

Mandando mais uma vez o jogo em Osasco, foi o rubro-negro que teve as principais chances de abrir o placar. Entretanto, as boas defesas do goleiro Emerson impediram o Rubrão de sair com a vitória.

O Oeste terminou o Campeonato na 16ª colocação, com 44 pontos e na primeira posição acima da zona de rebaixamento. Já o Paysandu fez uma boa Série B, encerrando sua participação no 7º lugar, com 60 pontos.

O JOGO –

A partida começou morna, sem nenhum dos times tomar a iniciativa. O jogo estava concentrado no meio-campo e demorou para que uma oportunidade de gol realmente aparecesse. Porém, como o resultado interessava mais ao Oeste, foi a equipe de Itápolis que teve as chances iniciais.

O primeiro lance de perigo aconteceu aos 23 minutos. Renan Mota arriscou de longe, tentando pegar o goleiro Emerson desprevenido. Contudo, a bola quicou antes de chegar às mãos do arqueiro e quase o encobriu. O defensor fez rápida defesa, evitando o gol do Oeste.

O Rubrão continuou pressionando o time do Pará. Aos 32, Mazinho fez linda jogada pelo canto direito, driblou facilmente o marcador e finalizou no canto direito de Emerson. O goleiro defendeu o chute, rente à trave.

A principal chance do Paysandu aconteceu aos 32. Yago Pikachu recebeu lançamento, ajeitou com o braço e, cara a cara com o goleiro, finalizou para fora. A arbitragem não viu a irregularidade.

Aos 40, o time rubro-negro foi novamente ao ataque. Após cobrança de falta do lado esquerdo, o goleiro Emerson saiu mal, mas nenhum jogador do Oeste aproveitou a bola viva na área.

No segundo tempo, o time de Itápolis partiu para cima do rival logo cedo. No primeiro minuto, após belo passe de Mazinho, Wagninho entrou na área e finalizou, exigindo que o arqueiro do Papão defendesse o chute com o pé.

O Oeste não desanimou e seguiu em busca do primeiro gol. Aos cinco, após uma bola lançada na área, Emerson saiu mal e chutou o ar. Mazinho pegou a sobra e chutou para o gol. Para a sorte do Paysandu, o arqueiro se redimiu e fez bela defesa.

Aos oito, o Papão resolveu se soltar. Após cobrança de escanteio do Oeste, o Paysandu roubou a bola e saiu em contra-ataque. O chute de Yago Pikachu, contudo, parou nas mãos de Leandro Santos.

O rubro-negro acordou e voltou ao ataque. Porém, a pressão e as finalizações não foram suficientes para tirar o 0 do placar.

Aos 35, os jogadores do Oeste começaram a demonstrar nervosismo, pois um gol do Paysandu recolocaria o Rubrão na zona de rebaixamento, a poucos minutos do apito final.

Outra boa chance do time mandante aconteceu aos 37. Wagninho fez ótimo cruzamento para Mazinho. O atacante cabeceou para fora, tirando tinta da trave e assustando o goleiro Emerson.

O Paysandu tentou responder aos 43, mas o chute de Leandro Cearense foi travado.

 

FICHA TÉCNICA
OESTE 0 X 0 PAYSANDU

Local: Estádio Prefeito José Liberatti, Osasco (SP)
Data: 28 de novembro de 2015, sábado
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiago Americano Labes (SC)

Cartões amarelos: Leandro Mello e Rafael Martins (Oeste); Ricardo Capanema e Edinho (Paysandu)

OESTE: Leandro Santos; Halisson, Daniel Gigante, Ligger; Fernandinho; Leandro Mello, Renan Mota (Wangler) (Rafael Martins) e Mazinho; Foguinho (Dionísio), Betinho e Wagninho.
Técnico: Renan Freitas

PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Pablo, Thiago Martins e João Lucas; Ricardo Capanema (Carlinhos), Augusto Recife, Jhonnatan e Edinho (Dão); Marquinho (Leandro Cearense) e Misael.
Técnico: Dado Cavalcanti

Deixe seu comentário