Brasileiro Série B

Alfredo Jaconi | 26/06/2018

Futebol/Brasileiro Série B

Juventude é surpreendido pelo Vila Nova no Alfredo Jaconi

Do correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
26/06/2018 21:30:46 — 26/06/2018 21:36:21

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Juventude, Notícias, Vila Nova-GO
Vila Nova continua recuperação na Série B (Foto: Divulgação/Juventude)

O Juventude perdeu nesta terça-feira para o Vila Nova-GO por 1 a 0 no Estádio Alfredo Jaconi pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Numa noite gelada em Caxias do Sul, os goianos acabaram com uma série de nove jogos que o Alviverde não perdia na competição. Em compensação o Vila vai para a quinta partida sem derrota com duas vitórias e três empates. O destaque ficou por conta da grande atuação do atacante Reis que marcou o gol do triunfo dos visitantes.

De forma momentânea o Vila Nova pulou para o terceiro lugar com 22 pontos e só termina no G4 caso Figueirense ou CSA um dos dois não vença na rodada. Enquanto o Juventude caiu para o décimo segundo lugar com 16 pontos.

Na próxima rodada o Juventude visita o Sampaio Corrêa no dia 08 de julho, domingo, às 18h (de Brasília), no Castelão. Já o Vila Nova-GO recebe no dia 05, quinta, o Londrina ,às 20h30 (de Brasília), no Serra Dourada.

O jogo

As duas equipes procuram o gol já no começo de partida. O time goiano chegou com perigo logo aos 02 minutos quando Mateus Anderson dominou pela direita, puxou para dentro e bateu para dentro em defesa de dois tempos do arqueiro Alviverde. A resposta do Juventude veio na sequência aos 05 num vacilo de Geovane com Tony que roubou a bola na lateral e tocou para Leandro Lima que girou e chutou sem força. Mateus segurou firme.

O Juventude seguiu em cima e quase abriu o placar aos 08 quando o rebote da defesa do Vila sobrou para Bertotto e soltou a bomba sobre o gol. Depois dos 10 minutos o jogo caiu de rendimento com o Alviverde tendo dificuldades de furar o bloqueio defensivo do time goiano.

No contra-ataque, o Vila Nova assustou a equipe da Serra. Aos 24, no cruzamento da esquerda de Wellington Reis, Maguinho chegou como elemento surpresa e cabeceou no travessão do goleiro Douglas Silva. Cresceu em campo o Vila e levou perigo quatro minutos depois ao gol do Juventude num escanteio curto Mateus Anderson cruzou, Jair afastou parcialmente e Wellington Reis mandou por cima. A torcida começou a vaiar o atacante Ricardo Jesus no momento que pegava na bola.

De tanto pressionar, o Vila Nova conseguiu abrir o placar. Aos 40, em cobrança ensaiada de falta, Wellington Reis tocou para Mateus Anderson que infiltrou por trás da barreira e chutou cruzado. Douglas espalmou, mas Reis entrou sozinho e só teve o trabalho de tocar para o fundo da rede. No campo os comandados de Julinho Camargo não conseguem encontrar soluções ofensivas para penetrar na defesa dos goianos. Por outro lado, o Vila se mostrou uma equipe bem montada que soube segurar o ímpeto inicial dos donos da casa e na sequência teve competência para atacar.

Com objetivo de ter uma postura mais agressiva entrou no Juventude o atacante Guilherme Queiroz e saiu Choco. O panorama da partida seguiu no mesmo ritmo ao final da primeira etapa com o Alviverde enfrentando dificuldades de infiltrar na defesa do Vila. Enquanto isso os goianos quando pegam a bola vão para cima na busca de encaixar um contra-ataque.

O setor de criação do meio pra frente não vem funcionando e para isso o técnico Julinho Camargo fez entrar Denner no lugar de Tony. Somente depois dos 15 os mandantes começaram a levar perigo na meta de Matheus. Aos 18, Fred cobrou falta sobre o gol de Matheus. Aos 20, Ricardo Jesus ficou com a sobra e bateu cruzado. A boa desviou na marcação e saiu pela linha de fundo. Na sequência no minuto seguinte em cobrança de escanteio o goleiro Mateus saiu errado e quase Fred completou para o gol.

Para chegar o empate o Alviverde insistiu com chutes de fora da área e com bola aérea. Aos 26, Leandro Lima costurou pelo meio e bateu no contrapé de Mateus. A bola passou a direita dele. Por sua vez o técnico Hemerson Maria reforçou o sistema de marcação fazendo entrar Moacir e Alex Henrique nos lugares de Anderson e Felipe Silva.

Os espaços foram surgindo na medida que o Juventude se soltou para frente. Aos 29, Alan Mineiro finalizou na entrada da área e acertou a rede pelo lado de fora. A última cartada Julinho Camargo retirou o lateral-direito Vidal e colocou o atacante Douglas Kemmer. Na reta final entrou o zagueiro Naylhor na vaga do meia Alan Mineiro visando segurar o resultado.

Em vantagem no placar os goianos ficam mais com a posse de bola e por pouco não ampliaram o marcador. Aos 41, Reis disparou pela esquerda em mais um contra-ataque, mas foi bloqueado dentro da área pelo goleiro do Juventude.

Ficha Técnica
Juventude 0 x 1 Vila Nova-GO
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS
Data: 26 de Julho, terça-feira.
Horário: 19h15min ( Horário de Brasília).
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT).
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha Matos (Fifa-BA) e Fabio Rodrigo Rubinho (CBF-MG).
Renda e Público: Não divulgados.
Cartão amarelo: Hélder, Wesley Matos (Vila Nova-GO), Fred, Rafael Bonfim, Pará, Guilherme Queiroz, Jair (Juventude).
Gol: Reis (Vila Nova-GO), aos 40 minutos do primeiro tempo.

Juventude: Douglas Silva, Vidal (Douglas Kemmer), Rafael Bonfim, Fred e Pará; Bertotto, Jair, Tony(Dener), Leandro Lima e Choco (Guilherme Queiroz); Ricardo Jesus.
Técnico: Julinho Camargo

Vila Nova-GO: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Hélder;Geovane, Wellington Reis, Alan Mineiro (Naylhor), Mateus Anderson(Moacir), Reis e Felipe Silva (Alex Henrique).
Técnico: Hemerson Maria