Brasileiro Série B

Orlando Scarpelli | 17/08/2018

Futebol/Série B

Goiás vira em cima do Figueira no Scarpelli e entra no G4 da Série B

São Paulo , SP
17/08/2018 23:31:38

Em: Brasileiro Série B, Escolha do editor, Figueirense, Futebol, Goiás, Notícias
O Goiás conseguiu seus dois gols por meio de cobranças de escanteio (Foto: Divulgação/FFC)

Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro da Série B dessa temporada, o Goiás entrou no pelotão que garante acesso à elite no próximo ano. O feito inédito foi conquistado graças a uma vitória por 2 a 1, de virada, em cima do Figueirense, em pelo estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O resultado levou o Esmeraldino aos 33 pontos nessa 21ª rodada, o que lhe deu a terceira colocação na tabela de classificação. Em compensação, os catarinenses estacionaram nos 30 pontos, há quatro jogos sem vencer, na oitava colocação, por ora, podendo cair ainda mais na tabela.

O confronto direto começou do jeito que os mandantes queriam. Logo no primeiro lance de perigo, Matheus Sales saiu na cara do gol, driblou Marcos e tocou, quase sem ângulo, para o gol. A bola bateu na trave, correu a linha na volta e entrou inteira no instante que Alex Silva aparecer para tirar a bola dali.

Depois de muita discussão com o auxiliar, o gol foi validado, para desespero dos goianos. Mas a verdade é que a arbitragem acertou ao confirmar a abertura no placar.

A disputa, que tinha tudo para ser aberta, ficou ainda melhor para quem assistia. As oportunidades apareciam para os dois lados, e o Goiás chegou ao empate justamente no último lance antes do intervalo. De novo, com muita confusão.

Escanteio cobrado na área e Felipe Garcia contou com um desvio no meio do caminho para comemorar o empate aos visitantes. Por causa de uma suspeita de toque de um jogador do Goiás que estava em posição ilegal, o auxiliar do outro lado preferiu consultar o juiz antes de mais uma vez validar um gol com atraso.

A partida manteve o mesmo panorama na etapa final. O Figueirense buscou a pressão e até se impôs sobre o Esmeraldino. Mas, quis o destino que outro escanteio resultasse na virada dos visitantes. Denis não saiu para cortar o cruzamento e David Duarte cabeceou no canto. A alegria contagiante dos goianos só teve de ser contida porque o zagueirão sentiu câimbras assim que mandou a bola para as redes.

Depois, foi só segurar a pressão. O Figueirense, já com sua torcida impaciente, não encontrou sequer os espaços para agredir o goleiro rival. Restou aguentar as vaias de quem estava nas arquibancadas.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 x 2 GOIÁS

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 18 de agosto de 2018, sexta-feira
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Cartões amarelos: Matheus Sales, Lucas Marques, Zé Antônio (2) (FIG); Alex Silva, Victor Ramos, Edcarlos, João Afonso (GOI)
Cartão vermelho: Zé Antônio (FIG)

GOLS
Figueirense: Matheus Sales, aos 4 minutos do 1T.
Goiás: Felipe Garcia, aos 48 minutos do 1T, David Duarte, aos 24 minutos do 2T

FIGUEIRENSE: DeDenis; Matheus Ribeiro, Nogueira, Eduardo Bauermann e Diego Renan; Zé Antônio, Matheus Sales (Maikon Leite), Lucas (Juninho) e Ferrareis; Renan Mota e Henan (Elton).
Técnico: Milton Cruz

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto Júnior, Giovanni (Tiago Luis) e Renato Cajá (João Afonso); Michael, Lucão e Felipe Garcia (Rafinha)
Técnico: Ney Franco