Futebol/Série B

Figueirense encerra Série B com empate diante do Operário-PR

São Paulo , SP
30/11/2019 18:28:55 — 30/11/2019 18:32:36

Em: Brasileiro Série B, Figueirense, Notícias, Operário-PR
O Figueirense se despediu de sua torcida (Foto: Reprodução/Twitter)

O Figueirense encerrou um conturbado ano com empate. Depois de sofrer ao longo da Série B e se salvar do rebaixamento apenas na penúltima rodada, a equipe de Pintado se despediu de sua torcida neste sábado empatando com o Operário-PR no Orlando Scarpelli por 1 a 1.

Após um primeiro tempo agitado, a rede balançou apenas no início da etapa final, quando Luis Ricardo errou o tempo de bola e completou cruzamento contra o próprio patrimônio, abrindo o placar para o Operário. O Figueirense reagiu com Fellipe Mateus em belo chute e decretou o empate.

Com o resultado, o Figueira vai aos 41 pontos e encerra a Série B na 16ª colocação ao somar sete vitórias, 20 empates e 11 derrotas. Agora, o time precisará esperar o Londrina, que terminou em 17º e entrará com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta do WO do time catarinense diante do Cuiabá.

De volta à segunda divisão após 27 anos, o Operário fecha a competição tranquilo, com 50 pontos e ocupando a 10ª posição. O Fantasma obteve 13 triunfos, 11 igualdades e 14 reveses.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1X1 OPERÁRIO-PR

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 
30 de novembro 2019, sábado
Horário: 
16h30 (de Brasília)
Público total: 7.825 pessoas
Renda: R$ 90.290,00
Árbitro: 
Deborah Cecilia Correa (PE)
Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
Cartões amarelos: Fellipe Mateus (FIG). Revson e André Luiz (OPE).

GOLS: 
FIGUEIRENSE: Fellipe Mateus, aos 28 minutos do 2ºT.
OPERÁRIO-PR: Luis Ricardo, aos 15 minutos do 2ºT.

FIGUEIRENSE: Pegorari, Luis Ricardo, Alemão, Ruan Renato e Conrado; Patrick (Andrigo), Betinho e Fellipe Mateus; Jefferson Renan (Robertinho), Breno e Rafael Marques (Odilávio).
Técnico: Pintado

OPERÁRIO-PR: André Luiz; Lennon, Rodrigo, Alisson e Allan Vieira; Chicão (Revson), Jardel, Marcelo e Rafael Chorão; Felipe Augusto (Schumacher) e Lucas Batatinha (Bruno Batata)
Técnico: Gerson Gusmão