Futebol/ Série B

Figueirense bate Ponte Preta em Campinas e sai da zona rebaixamento

São Paulo , SP
12/11/2019 22:36:44

Em: Brasileiro Série B, Campeonatos, Figueirense, Futebol, Notícias, Ponte Preta, Times

O Figueirense venceu a Ponte Preta por 3 a 1 na noite desta terça-feira, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e saiu da zona de rebaixamento após 14 jogos.

O time catarinense sobe para a 16ª posição, com 36 pontos, e abre um ponto do Londrina, primeiro time da degola. Já a Macaca, apenas cumprindo tabela por não ter mais chances de rebaixamento e nem de acesso, se mantém em 11º, com 45, há oito partidas sem vencer.

Na busca pela permanência na Segunda Divisão, o Figueira volta a campo no domingo, quando recebe o Cuiabá, no Orlando Scarpelli, às 18h30. Já a Ponte viaja até Alagoas para enfrentar o CRB, no sábado, às 16h30.

(Foto: PontePress/ Álvaro Jr)

O jogo
Diante da necessidade do resultado, o Figueirense partiu para cima de uma Ponte Preta já sem ambições no campeonato. Com esse panorama, o Figueira abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, com Rafael Marques. Breno roubou a bola no meio-campo, abriu para Jefferson Renan, que invadiu a área e serviu o camisa 9.

Contudo, o Figueira não soube aproveitar a vantagem e aos poucos deixava a Ponte entrar no jogo, até conseguir empatar. Conrado derrubou Marquinhos dentro da área, aos 27 minutos, e o árbitro apontou pênalti. O atacante Roger não desperdiçou e igualou o marcador.

Disposto a sair com os três pontos e não repetir os erros da primeira etapa, o Figueirense voltou muito mais ligado. A pressão deu resultado aos 23 minutos com o estreante Andrigo. Fellipe Matheus aproveitou o vacilo de Renan Fonseca e serviu o meia-atacante. Ele chuta travado por Camilo, mas a bola acabou dentro do gol.

Sobrou tempo para Victor Guilherme marcar mais um, aos 41 minutos. O lateral saiu do banco e em uma de suas subidas ao ataque deixou o seu. Fellipe Mateus, mais uma vez, lançou o camisa 33, que entrou na área e bateu firme na saída de Ygor.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1X3 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 12 de novembro 2019, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Bruno César Chaves (PE)
Cartão amarelo: Alemão, Ruan Renato, Luis Ricardo e Betinho (Figueirense); Marquinhos (Ponte Preta)
Gol: Rafael Marques, ao 1 minuto do primeiro tempo, Andrigo, aos 23, e Victor Guilherme, aos 41 do segundo tempo, (Figueirense); Roger, aos 29 do primeiro tempo (Ponte Preta)

PONTE PRETA: Ygor; Edílson Júnior, Renan Fonseca, Henrique Trevisan e Guilherme Guedes; Washington (Vinícius Zanocelo), Camilo, Renato Cajá (Marcondele), Marquinhos (João Carlos) e Araos; Roger.
Técnico: Gilson Kleina

FIGUEIRENSE: Pegorari; Luis Ricardo, Alemão, Ruan Renato e Conrado; Patrick (Pereira), Betinho e Fellipe Mateus; Jefferson Renan (Victor Guilherme), Breno (Andrigo) e Rafael Marques.
Técnico: Pintado




  • Rizi Filho

    Nunca vou entender, como pode uma empresa ter um funcionário tão incompetente como Gilson Kleina e os diretores dessa empresa não mandam esse funcionário embora.
    Como confiar em uma empresa que mantem um funcionário tão incompetente em seus quadros ?
    Que dirigentes são esses que desejam a quebra desta empresa ?
    Cadê os acionistas desta empresa ? vão assistir esses dirigentes e esse funcionário incompetente acabar com a empresa ?