Em jogo sofrido, América vence o Guarani nos acréscimos

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
25/08/2019 13:10:02

Em: América-MG, Bastidores, Brasileiro Série B, Campeonatos, Guarani
Júnior Viçosa anotou os gols do América (Foto: América)

Em jogo bastante movimentado e muito sofrido ao torcedor americano, o Coelho venceu o Guarani, por 3 a 2, de virada, em duelo dramático, na manhã deste domingo, no Independência, em confronto válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão.

Até os 47 minutos do segundo tempo, o duelo estava empatado. Igor Henrique marcou o primeiro gol para o Guarani, mas o Coelho conseguiu empatar e virar com Júnior Viçosa. Após a metade do segundo tempo, João Paulo marcou contra e complicou a situação. Nos acréscimos, Flávio, que entrou no segundo tempo, fez o gol da vitória.

Com a igualdade, o América estava voltando para a zona de rebaixamento. Com a vitória, o Coelho avança para a 13ª colocação com 21 pontos. Já o Guarani segue no calvário da lanterna com apenas 13 tentos.

Na próxima rodada, o América enfrenta o São Bento, no Walter Ribeiro, na quarta-feira, às 19h15 (de Brasília). Já o Guarani entra em campo no mesmo dia e horário, contra o Londrina, no Brinco de Ouro.

O jogo

O duelo entre América e Guarani iniciou com bastante intensidade. As duas equipes travavam um confronto tático interessante, sobretudo olhando a marcação de saída de jogo.

O Guarani, embora fosse o visitante, não teve medo de jogar contra o Coelho em Belo Horizonte. Aliás, bem pelo contrário: a equipe não dava a bola para o time da casa e forçava bem na saída de bola, atrapalhando as ideias de jogo do time mineiro.

A primeira grande oportunidade foi do Guarani, com Bady. O atleta recebeu o passe de Davó – que fazia ótimo jogo – e chutou, mas a bola foi para fora. Ele estava dentro da área e desperdiçou uma grande oportunidade.

Até o gol sair foi questão de tempo. Aos 15, em um chute de longa distância, Igor Henrique soltou o pé e a bola parou no fundo das redes. Foi possível perceber uma leve falha do goleiro Jory no lance.

Coelho empata rápido

No lance seguinte ao gol sofrido, o Coelho chegou com perigo e teve um escanteio a favor. Na cobrança, a bola é desviada na primeira grave e cai nos pés de Felipe Azevedo. Ele cruza rasteiro e Júnior Viçosa, na pequena área, coloca para o fundo do gol.

Após o tento, o América não deu mais espaços. Seguiu com a bola nos pés, não era muito imponente, mas, pelo menos, não sofria sustos.

Aos 29, em boa chegada, Felipe Azevedo recebeu a bola livre pela direita e chutou, mas a bola pegou na defesa e saiu. O meia lamentou bastante a situação desperdiçada.

Aos 38, o América precisou fazer a primeira substituição do jogo. Isso porque Matheusinho lesionou e precisou deixar o gramado. Neto Berola, prestigiado, entrou no lugar.

Após o intervalo, o América não teve dificuldades para virar o jogo. A equipe seguiu melhor em campo, não dando espaços e, na etapa complementar, uma novidade em campo: aproveitando os contra-ataques.

Aos 5, em cruzamento na área, Diego Giaretta errou o desvio de cabeça, mas acertou com a mão. Dentro da área o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Viçosa novamente marcou e colocou o Coelho na frente.

O Guarani se mandou para o ataque. O América, todavia, conseguia controlar bem em campo, não apresentava dificuldades e aproveitava ainda alguns contra-ataques.

Mas o Guarani soube aproveitar. Enquanto o América vacilou em algumas chances, o Bugre conseguiu empatar. Em cobrança de falta, João Paulo tentou tirar, mas mandou contra o próprio patrimônio e marcou contra.

O América se mandou para o ataque. Em cruzamento na área, o Coelho marcou o gol, mas o bandeira anula o lance. A partida ficou por muito tempo parada para a arbitragem organizar a bagunça que virou o campo com tanta reclamação.

No lance seguinte, Flávio, que saiu do banco de reservas, aproveitou uma chance de fora da área, e marcou o gol.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 3 X 2 GUARANI

Local: Arena Independência, Minas Gerais (MG)
Data: 25 de agosto de 2019 (domingo)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires e Katiuscia M Berger Mendonça (ES)

Gols: Júnior Viçosa, aos 19 do primeiro tempo e aos 6 do segundo tempo, Flávio, aos 47 do segundo tempo (América); Igor Henrique, aos 15 do primeiro tempo, João Paulo (contra), aos 29 do segundo tempo (Guarani)
Cartões: Willian Maranhão (América); Thallyson, Davó (Guarani)

AMÉRICA-MG: Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva, João Paulo, Juninho (Marcelo Toscano), Willian Maranhão, Geovane (Flávio), Matheusinho (Neto Berola), Felipe Azevedo, Júnior Viçosa.
Técnico: Felipe Conceição

GUARANI: Klever; Bruno Souza, Bruno Lima, Diego Giaretta e Thalysson; Deivid (Deivid Souza), Igor Henrique, Arthur Rezende e Bady (Filipe Cirne); Davó e Michel Douglas (Eder Luis).
Técnico: Thiago Carpini (interino)