Brasileiro Série B

Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS) | 21/08/2018

Futebol/Série B

Em duelo de desesperados, Brasil de Pelotas e Paysandu não saem do zero

São Paulo , SP
21/08/2018 21:13:17 — 21/08/2018 21:14:50

Em: Brasil de Pelotas, Brasileiro Série B, Paysandu

No duelo de desesperados desta terça-feira pela 22ª rodada da Série B, o Brasil de Pelotas e Paysandu duelaram no Estádio Bento de Freitas e não saíram do empate por 0 a 0. O primeiro tempo foi melhor para o time da casa, mas que não conseguiu aproveitar para abrir o placar. O roteiro se inverteu na segunda etapa, com os visitantes sendo melhores, porém, também sem êxito.

Com o resultado, o Brasil de Pelotas chega ao seu terceiro empate consecutivo e vai a 24 pontos, permanecendo como o primeiro na zona do rebaixamento. O Paysandu, por sua vez, chega a 25 pontos e termina a rodada na 15ª posição, há quatro jogos sem vencer.

O Brasil abre a próxima rodada nesta sexta-feira, quando visita o Figueirense no Orlando Scarpelli, às 19h15 (de Brasília). No dia seguinte, às 16h30 (de Brasília), é a vez do Paysandu entrar em campo e receber o Sampaio Correa na Curuzu.

Brasil de Pelotas e Paysandu não saem do zero (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

O jogo

O Brasil de Pelotas começou o jogo indo para cima e levou perigo logo aos dois minutos, quando Leandro Camilo lançou Luiz Eduardo e o centroavante arriscou o chute, mas a bola saiu por cima da meta.

O time da casa seguia com a bola no pé e tentava achar espaços para abrir o placar o mais rápido possível. Teve boa chance novamente aos 11 minutos, com Toty ficando com o rebote na área e chutando mesmo desequilibrado com perigo no gol de Renan Rocha.

Oito minutos depois, mais uma ótima oportunidade do Brasil de Pelotas, que por muito pouco não inaugurou o marcador. Itaqui mandou uma bomba em cobrança de falta e tirou tinta da trave direita do gol adversário.

Aos 27 minutos, polêmica em campo. Após falta cobrada por Pedro Carmona, Luiz Eduardo abriu o braço e cortou a bola, mas o árbitro entendeu como lance como normal e mandou o jogo seguir.

A partida esfriou no fim do primeiro tempo, sem que as equipes levassem perigo efeito à meta adversária. Assim, o placar seguiu para o intervalo sem ser inaugurado.

O Paysandu voltou melhor para a segunda etapa e teve sua primeira chance ao dez minutos, quando Pedro Carmona cobrou a falta para Hugo Almeida, que desviou. A bola, porém, acabou saindo.

O Brasil de Pelotas não conseguia manter o desempenho dos primeiros 90 minutos e sofria para criar boas chances. Aproveitando o mal momento do time da casa, os visitantes quase abriram o placar aos 28 minutos, quando a bola sobrou para Hugo Almeida, que parou em grande defesa de Marcelo Pitol.

Aos 36, resposta do Brasil. Após chutão, Guilherme Teixeira cabeceou para trás, a bola sobrou para Luiz Eduardo, que furou e desperdiçou boa oportunidade. A partida seguiu sem maiores emoções até o fim e terminou sem rede balançando.

FICHA TÉCNICA
BRASIL DE PELOTAS 0 x 0 PAYSANDU 

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 21 de agosto de 2018, terça-feira
Horário: 19h15 (Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Cartões amarelos: Rafael Dumas, Luiz Eduardo (Brasil de Pelotas). Maicon Silva, Guilherme Teixeira, Jonathan Almeida (Paysandu)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Lendro Camilo, Rafael Dumas e Tiago Cametá; Lendro Leite (Gilson), Itaqui, Toty (Welington Junior), Diego Miranda (Alex Ruan) e Lourency; Luiz Eduardo
Técnico: 
Gilmar Dal Pozzo

PAYSANDU: Renan Rocha; Guilherme Teixeira, Perema e Fernando Timbó; Maicon Silva (Jonathan Almeida), Renato Augusto, Alan Calbergue (Magno) e Guilherme Santos; Thomaz, Hugo Almeida (Lúcio Flávio) e Pedro Carmona
Técnico: Guilherme Alves