Brasileiro Série B

Curuzu | 16/06/2018

Futebol

CSA chega a três jogos sem vencer e perde chance de ser vice-líder

São Paulo , SP
16/06/2018 22:56:08

Em: Brasileiro Série B, CSA, Futebol, Notícias, Paysandu

O CSA desperdiçou na noite desse sábado mais uma chance de encostar na liderança do Campeonato Brasileiro na Série B. Em Belém, no estádio da Curuzu, o time alagoano não passou de um 0 a 0 com o Paysandu, dono da casa, e acumulou o terceiro jogo seguido sem triunfo no nacional de acesso. Para os paraenses, o tropeço diante de sua torcida também foi lamentado pela possibilidade que a equipe tinha de colar no G4.

O empate encerrou a 11ª rodada da Série B com o CSA na quarta posição, com 20 pontos, agora seis a menos que o líder Fortaleza. Já o Papão fica em oitavo, com 16 pontos.

A falta de gols no estádio da Curuzu frustrou a expectativa de um duelo que tinha frente a frente Cassiano, aniversariante do dia, e Michel Douglas, dois dos artilheiros da Série B. Ambos tiveram oportunidades para marcar, mas não estavam com a pontaria ajustada.

Apesar do equilíbrio durante toda a partida, os minutos finais do jogo foram marcados por muita pressão do Paysandu. Não foram poucas as bolas alçadas à área. Apesar disso, o goleiro mota e a defesa alagoana se mantiveram firmes e seguraram o empate até o fim.

Na próxima rodada, o CSA jogará de novo fora de casa. Terça, a missão será contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, terça-feira, às 19h15. O Papão irá para a terra do CSA, mas para enfrentar o CRB no Rei Pelé, sábado, às 21h (sempre em horário de Brasília).

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU 0 x 0 CSA

Local: Estádio da Curuza, em Belém (PA)
Data: 16 de junho de 2018, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)
Cartões amarelos: Dawhan, Matheus Silva (PAY); Leandro Souza, Edinho, Xandão (CSA)

PAYSANDU: Renan Rocha; Matheus Silva, Edimar, Diego Ivo e Mateus Muller; Nando Carandina, Renato Augusto, Danilo Pires (Pedro Carmona) e Mike (Magno); Dionathã (Moisés) e Cassiano
Técnico: Dado Cavalcanti

CSA: Mota; Dawhan, Leandro Souza, Xandão e Echeverría; Edinho, Ferrugem (Taiberson), Daniel Costa (Roger), Niltinho e Hugo Cabral (Yuri); Michel Douglas.
Técnico: Marcelo Cabo