CRB marca no fim, vence o Náutico e volta à briga pelo acesso

São Paulo, SP

05-11-2016 19:35:16

O CRB recebeu o Náutico neste sábado, no Estádio Rei Pelé, e conquistou um importante triunfo para voltar à disputa por uma das vagas para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Em jogo válido pela 34ª rodada da Série B, o Galo da Praia marcou um gol nos minutos finais e garantiu uma vitória fundamental pelo placar de 1 a 0.

Com o resultado, o CRB chegou à sétima colocação, com 52 pontos, e voltou a sonhar com o acesso, já que terminará a rodada no máximo a quatro pontos do G4. Já o Náutico perdeu a oportunidade de recuperar a quarta posição perdida para o Bahia e caiu para o quinto lugar, com 54 pontos.

Ambos os times voltam a campo pela Série B na próxima terça-feira. Às 19h15(de Brasília), o CRB visita o Tupi, no Estádio Municipal de Juiz de Fora. Já o Náutico entra em campo às 21h30(de Brasília), na Arena Pernambuco, para enfrentar o Goiás.

O jogo - A partida se iniciou com um jogo muito truncado entre as equipes e nenhuma chance clara de gol nos primeiros minutos. O primeiro lance de perigo, no entanto, foi em uma jogada difícil para a arbitragem. Aos 17 minutos, Mateus Muller recebeu em velocidade e cruzou rasteiro para Tiago Adan balançar as redes. O árbitro, no entanto, marcou posição de impedimento na origem da jogada e anulou o gol.

Apesar de ter seu gol anulado, o Timbu não se abalou e seguiu criando as melhores chances. Aos 29 minutos, Vinícius experimentou de longa distância e apresentou dificuldades para Júlio César agarrar a bola.

O volume de jogo seguiu e o Náutico teve uma ótima chance para marcar. Aos 35 minutos, Negretti cruzou para a área, Tiago Adan ajeitou de cabeça e Marco Antônio recebeu livre para finalizar dentro da área. O meia, no entanto, bateu mal e mandou para fora.

Nos minutos finais, ainda deu tempo para o CRB também ter um gol anulado. Zé Carlos rolou para Roger Gaúcho completar para o gol, aos 45. Porém, a jogada já havia sido anulada em sua origem. Com isso, o jogo truncado foi para o intervalo em 0 a 0.

A partida voltou para o segundo tempo muito mais movimentada. Logo aos 30 segundos, Gerson Magrão soltou uma bomba de longa distância e quase surpreendeu Júlio César, que teve que espalmar para salvar o Náutico. O Timbu respondeu em seguida, em cobrança de falta de Marco Antônio que obrigou o arqueiro regatiano a afastar para escanteio.

O jogo seguiu equilibrado nos minutos seguintes e o CRB teve uma boa chance para marcar. Aos 17, Wellinton Júnior ganhou na velocidade e saiu cara a cara com o goleiro. No entanto, o atacante bateu mal e chutou para fora.

O Náutico respondeu aos 27. João Ananias arriscou de longa distância e obrigou Júlio César a realizar uma grande defesa.

Com o jogo lá e cá, uma falha acabou definindo o resultado da partida no Estádio Rei Pelé. Aos 35 minutos, a zaga do Náutico saiu jogando errado e Zé Carlos roubou a bola. O atacante rolou para Matheus Galdezani que finalizou cruzado e balançou as redes para marcar o gol da vitória do CRB.

Nos minutos finais, o Náutico não conseguiu criar chances claras para empatar a partida e viu os mandantes apenas administrarem o resultado para garantirem uma grande vitória.

FICHA TÉCNICA
CRB 1X0 NÁUTICO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 05 de novembro de 2016 (sábado)
Horário: 17h30(de Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Jackson Timoteo Lopes (MT) e Marcelo Grando (MT)
Cartões Amarelos: Glaydson, Pery, Wellinton Junior e Marcos Martins(CRB); Negretti, Joazi, Marco Antônio, Mateus Müller e João Ananias(Náutico)
Cartões Vermelhos: Nenhum

GOL: CRB - Matheus Galdezani, aos 35 minutos do segundo tempo

CRB – Júlio César; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Pery; Glaydson(Welinton Junior), Matheus Galdezani, Diego, Luidy(Roger Gaúcho) e Gerson Magrão(Éder Loko); Zé Carlos
Técnico: Mazola Júnior

NÁUTICO – Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Mateus Müller; João Ananias, Negretti(Yuri Mamute), Marco Antônio(Esquerdinha) e Vinícius; Rony e Tiago Adan(Jefferson Nem)
Técnico: Givanildo Oliveira

Deixe seu comentário