Futebol/Brasileiro Série B

Coritiba fica no empate com o Sampaio Corrêa e demite Eduardo Baptista

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
10/08/2018 23:25:35 — 11/08/2018 01:00:49

Em: Brasileiro Série B, Coritiba, Futebol, Notícias, Sampaio Corrêa
Coxa voltou a decepcionar a torcida, que se irritou (Divulgação/CFC)

Em mais um tropeço, com uma apresentação abaixo da média na Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba não passou de um empate sem gols diante do Sampaio Corrêa, em sua primeira partida pelo segundo turno, em pleno Estádio Couto Pereira. Com o resultado, o Coxa chegou aos 29 pontos, na 10ª colocação, e causou a demissão do técnico Eduardo Baptista. Já o Bolívia, com 17 pontos, é o penúltimo colocado.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Atlético Goianiense, sábado, no Estádio Olímpico. Já o Sampaio Corrêa encara o Guarani, no mesmo dia, no Castelão.

O jogo – A partida começou morna no Alto da Glória, com as duas equipes se estudando, não mostrando muita pressa. Na primeira arrancada alviverde, aos sete minutos, Thiago Lopes buscou a tabela com William Matheus, mas o último passe saiu muito forte. Aos 11 minutos, Thiago Lopes cobrou falta para o meio da área e ninguém apareceu para completar a jogada.

O Bolívia chegou com muito perigo, aos 12 minutos, com Alyson cruzando para Matheuzinho se antecipar e carimbar a trave. O técnico Paulo Roberto foi obrigado a mexer aos 22 minutos, com Rogério entrando no lugar do lesionado Joécio. Aos 27 minutos, Rodrigo Ramos fez o cruzamento fechado, Busatto se atrapalhou, mas conseguiu se recuperar antes da chegada do ataque coxa-branca.

Aos 38 minutos, após cobrança de falta, Jonatas Belusso pegou a sobra de bola, chutou cruzado, mas Bruno Moraes se atrapalhou no meio da área e não aproveitou o gol livre para marcar. Sem conseguir entrar na defesa maranhense, Vitor Carvalho arriscou de longe e isolou a bola. Torcedor ficou na bronca com o time no primeiro tempo e vaiou na saída para os vestiários.

Depois do intervalo, o Coritiba voltou com Yan Sasse e Allison Farias nos lugares de Thiago Lopes e Bruno Moraes, em uma volta ao esquema mais tradicional do treinador alviverde. Aos cinco minutos, Guilherme Parede fez a jogada e cruzou rasteiro para Jonatas Belusso, que não alcançou a bola.

O ritmo da partida era devagar, sem emoções ao torcedor ou trabalho aos goleiros. Aos 13 minutos, Guilherme Prede cruzou para Belusso empurrar para o fundo da rede, mas o árbitro anulou o lance e anotou o impedimento do atacante. A pressão só aumentava para o Coxa, que não conseguia chegar ao gol e ainda sofria o risco de, em alguma falha, ser surpreendido pelo adversário.

Rodrigo Ramos desceu pela direita, cruzou no meio da defesa do Sampaio, que cochilou, mas Belusso também não estava atento para completar. Nas arquibancadas, o torcedor que tentava apoiar, aos poucos passava a fazer cobranças para jogadores, comissão técnica e diretoria, além de entoar o canto de ‘vergonha’. No desespero, Romércio chutou de muito longe, aos 44 minutos, sem direção.

CORITIBA 0 X 0 SAMPAIO CORREA

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 10 de Agosto de 2018, sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Magno Arantes Lira (MG)
Cartões amarelos: Uilliam Correia, Guilherme Parede, Rodrigo Ramos, Rafael Lima e William Matheus (Coritiba); William Oliveira e Matheuzinho (Sampaio)

CORITIBA: Wilson; Rodrigo Ramos; Rafael Lima, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, Uillian Correia (Jean Carlos), Thiago Lopes (Yan Sasse); Guilherme Parede, Jonatas Belusso e Bruno Moraes (Alisson Farias).
Técnico: Eduardo Baptista

SAMPAIO CORREA: Gustavo Busatto; Silva, Maracás, Joécio (Rogério) e Alysson; Willian Oliveira (Sampaio), Adilson Goiano, Fernando Sobral, Matheusinho e Bruninho (João Paulo); Alison.
Técnico: Paulo Roberto Santos