Brasileiro Série B

Estádio Castelão | 15/06/2018

Campeonato Brasileiro Série B

Com golaço de Dodô, Fortaleza bate Brasil de Pelotas

São Paulo , SP
15/06/2018 21:06:43

Em: Brasil de Pelotas, Brasileiro Série B, Fortaleza

Depois de ficar dois jogos sem vencer e conhecer a sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro Série B, o Fortaleza voltou a encontrar a vitória. O Tricolor superou o Brasil de Pelotas por 2 a 0 em partida válida pela 11ª rodada da segunda divisão, no Castelão. Dodô, que fez uma verdadeira pintura, e Diego Jussari marcaram os gols da partida desta sexta-feira

Com o resultado, o Leão permanece no topo da tabela e chega a 26 pontos e oito vitórias em 11 jogos. Já a equipe de Clemer segue com dez pontos na competição e entra na zona de rebaixamento, ficando, momentaneamente na 17ª colocação, mas podendo terminar a rodada em 19º.

Na próxima rodada, o time comandado por Rogério Ceni irá receber o Oeste, no sábado, dia 23 de junho, às 19 horas (de Brasília), no Castelão. Por sua vez, o Xavante irá enfrentar o Criciúma, na quinta-feira, dia 21 de julho, às 19h15, no Bento de Freitas.

Fortaleza segue como líder da Série B (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

O jogo

O Fortaleza foi para a partida para buscar uma vitória após ficar dois jogos sem vencer e ficou com mais posse de bola, enquanto o Brasil de Pelotas encontrava dificuldades de sair do campo de defesa e criar oportunidades.

Aos 14 minutos, Dodô cobrou falta com muito perigo e a bola passou muito perto da trave direita de Pitol. Já aos 29 minutos, após jogada de velocidade de Edinho, Wilson finalizou e o goleiro do time gaúcho salvou.

O primeiro gol do Tricolor saiu aos 32 minutos. Na intermediária, Dodô ajeitou e mandou uma bomba cruzada. A bola foi no ângulo, sem chances para o arqueiro adversário.

O Leão se empolgou voltou a balançar as redes adversárias aos 41 minutos. Em cobrança de falta do meio do campo, Edinho levantou na área, Pitol saiu muito mal e Diego Jussani empurrou de cabeça para o fundo do gol, que estava aberto.

No finalzinho da primeira etapa, Mossoró entrou na área e fez o arremate, no entanto Marcelo Boeck fez uma grande defesa. No rebote, Lourency não estava na melhor posição e não conseguiu chutar bem para aproveitar o gol aberto.

Precisando de um resultado positivo para não ficar na zona de rebaixamento, o Xavante fez alterações no intervalo e começou o segundo tempo mais ofensivo. Aos dois minutos, Welington Júnior arriscou, mas Boeck defendeu.

A resposta veio aos seis, quando Edinho cruzou e um desvio quase colocou a bola para dentro. O goleiro Pitol salvou apesar de quase ter ficado vendido na jogada.

A equipe de Clemer até tentava chegar mais ao ataque, no entanto não conseguia assustar o time mandante. Já o Fortaleza buscava tocar mais a bola e conseguia ter algumas oportunidades ocasionais. Aos 20, Edinho chutou, a bola desviou na defesa e a bola bateu no travessão de Pitol.

O Leão desperdiçou uma grande oportunidade de fazer o terceiro gol aos 26 minutos. Thiago Cametá entregou a bola para Dodô, que entrou na área, mas demorou e finalizou pensado.

Os mandantes tiveram muito espaço aos 41 minutos, foram tocando a bola e Wesleu entrou na área pelo lado esquerdo, fez o corte e bateu com muito perigo. Já aos 44, Jean Patrick bateu muito bem a falta e Pitol fez uma grande defesa.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 2 X 0 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 15 de junho de 2018, sexta-feira
Horário: 19h15 (Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Wilson, Felipe (Fortaleza) Mossoró, Zé Augusto, Kaio, Itaqui, Leandro Camilo (Brasil de Pelotas)
Cartão vermelho: não teve
GOLS: FORTALEZA: Dodô, aos 32, e Diego Jussari, aos 41 do primeiro tempo

FORTALEZA: Marcelo Boeck, Felipe, Diego Jussani, Ligger e Leonan; Jean Patrick, Pablo, Dodô e Marcinho (João Henrique); Edinho (Wallace) e Wilson (Wesley)
Técnico: Rogério Ceni

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, William Machado, Tiago Cametá; Zé Augusto, Itaqui Mossoró (Welington Júnior) e Toty (Kaio); Laurency (Léo Bahia) e Luiz Eduardo
Técnico: Clemer