Brasileiro Série B

Nabi Abi Chedid | 22/8/2019 - 21:30

Futebol/Brasileiro Série B

Bragantino e Coritiba ficam no empate no jogo dos líderes da Série B

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba , PR
22/08/2019 23:23:54

Em: Bragantino, Brasileiro Série B, Coritiba, Futebol, Notícias
Artilheiro Rodrigão voltou a balançar a rede (Divulgação/CFC)

No duelo entre o líder e o vice-líder da Série B do Campeonato Brasileiro, Bragantino e Coritiba ficaram no empate em 1 a 1, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, mantendo suas posições na classificação. Com o resultado, o time paulista chegou aos 35 pontos, na ponta. Já o Alviverde vem logo atrás, com 33 pontos ganhos.

O Massa Bruta abriu o placar aos 12 minutos da primeira etapa, com um chute forte, cruzado, de Bruno Tubarão. Depois do intervalo, com um jogador a mais em campo, o Coxa deixou tudo igual, aos 26 minutos, com o artilheiro Rodrigão.

Na próxima rodada, o Bragantino enfrenta o CRB, terça-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Já o Coritiba encara o Vitória, no mesmo dia, no Estádio Couto Pereira.

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Coxa tentava tomar a iniciativa do jogo nos primeiros minutos, Aos cinco minutos, Rodrigão recebeu na área, girou o corpo, mas foi travado no momento do arremate. Aos nove minutos, levantamento de Juan Alano para Rodrigão, que testou para boa intervenção de Júlio César.

O Massa Bruta parecia acuado, até que, aos 12 minutos, Bruno Tubarão arriscou o chute de longe, forte, e balançou a rede para abrir a contagem. O chute de longe era a principal arma da equipe paulista. Aos 18 minutos, Claudinho soltou o petardo e a bola passou rasando o poste alviverde. O Coxa chegou a balançar a rede, aos 24 minutos, com Sabino, mas o árbitro anotou falta de ataque.

Em mais um chute de longa distância, Edimar testou Alex Muralha, aos 31 minutos. Com a vantagem no placar, o Bragantino se acertou em campo e conseguia administrar as ações da partida. O Massa Bruta chegou bem novamente aos 41 minutos, com Matheus Peixoto tocando na saída de Muralha e só na comemorando o gol por conta da recuperação precisa de Sabino.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem mudanças. Logo aos três minutos, uma entrada muito dura de Edimar em Thiago Lopes e o jogador foi expulso direto pela arbitragem. O panorama da partida mudou, assim como os ânimos em campo. Aos 13 minutos, Giovanni tabelou com Rafinha e tocou de primeira à direita e Júlio César, com perigo.

Júlio César operou um milagre, aos 17 minutos, parando cabeçada certeira e Rodrigão, que aproveitou cobrança de falta de Giovanni. Depois da cobrança do escanteio, Robson pegou sobra e bola e isolou. Mas, aos 27 minutos, o mesmo Robson fez ótima jogada e serviu Rodrigão, que tocou no contrapé do goleiro para deixar tudo igual.

O Coritiba se animou e, aos 29 minutos, Robson fez a jogada individual e chutou no cantinho pra Júlio César defender. Aos 37 minutos, Juan Alan chutou rasteiro, sem dificuldade para o goleiro. Sem conseguir entrar na fechada defesa paulista, Giovanni arriscou de longe, aos 41 minutos, nas mãos de Júlio César. Aos 43 minutos, Pio também foi expulso. Porém, o tempo não foi suficiente pra o Coxa aproveitar a vantagem.

BRAGANTINO 1 X 1 CORITIBA

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 22 de Agosto de 2019, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Fabricio Lima Baseggio (RS)
Cartões amarelos : Léo Ortiz, Pio (Bragantino); Felipe Mattioni (Coritiba)
Cartões vermelhos : Edimar e Pio(Bragantino)

Gols
BRAGANTINO: Bruno Tubarão, aos 12 minutos do primeiro tempo
CORITIBA: Rodrigão, aos 16 minutos do segundo tempo

BRAGANTINO: Júlio César; Edimar, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Uillian Correia e Bruno Tubarão (Rafael Carioca); Matheus Peixoto (Thiago Ribeiro), Wesley (Ricardo Ryller) e Claudinho
Técnico: Antonio Carlos Zago

CORITIBA: Alex Muralha; Felipe Mattioni, Rafael Lima (Romércio), Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano, Thiago Lopes (Giovanni), Rafinha (Igor Jesus) e Robson; Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer




Escalação
Bragantino

Júlio César


Léo Ortiz


Ligger


Edimar


Barreto


Uillian Correia


Pio


Bruno Tubarão


Wesley


Claudinho


Matheus Peixoto


Rafael Carioca


Thiago Ribeiro


Ricardo Ryller


Tec - Antônio Carlos Zago
Coritiba

Alex Muralha


Felipe Mattioni


Rafael Lima


Sabino


William Matheus


Matheus Sales


Thiago Lopes


Rafinha


Juan Alano


Róbson Fernandes


Rodrigão


Romércio


Giovanni


Igor Jesus


Umberto Louzer - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores