Brasileiro Série B

Bento Freitas | 16/10/2018

Futebol/Campeonato Brasileiro Série B

Atlético-GO vira sobre o Brasil de Pelotas e segue sonhando com o acesso

São Paulo , SP
16/10/2018 23:30:59 — 16/10/2018 23:37:35

Em: Atlético-GO, Brasil de Pelotas, Brasileiro Série B, Notícias

Wagner Lopes estreou com vitória sob o comando do Atlético-GO. Jogando pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, nesta terça-feira, o Dragão fez um segundo tempo cirúrgico e garantiu a vitória de virada sobre o Brasil de Pelotas, em pleno Bento Freitas, por 2 a 1. Os gols dos visitantes foram marcados por Júlio César e André Luís, enquanto Itaqui fez para os visitantes.

Com o resultado, a equipe de Goiás coloca fim a uma série de cinco jogos sem vitória e assume o quinto lugar, com 48 pontos, três a menos que o CSA, primeiro time no grupo de acesso. Já o Brasil de Pelotas estaciona na 15ª posição, com 37 pontos, cinco a mais que o CRB, 17º colocado e primeiro da zona de rebaixamento.

O Xavante volta aos gramados pela competição na próxima terça-feira, quando visita o CSA, no Rei Pelé, às 19h15 (de Brasília). O Atlético-GO, por sua vez, terá mais tempo de preparação, já que encara o Boa Esporte, em Varginha, apenas no sábado, dia 27, às 16h30 (de Brasília).

O Brasil de Pelotas sucumbiu ao bom segundo tempo do Atlético-GO (Foto: Carlos Insaurriaga / GEB)

O Jogo

O Atlético-GO criou a primeira chance do jogo logo aos três minutos, quando o atacante Júlio César recebeu cruzamento na medida e cabeceou rente à trave direita do goleiro Marcelo Pitol. Depois disso, só os mandantes jogaram. Sem qualidade na troca de passes, mas com imposição física, a equipe de Rogério Zimmermann teve boas oportunidades no decorrer da etapa inicial.

A primeira foi com atacante Welinton Júnior, que recebeu na grande área, fez bonito giro em cima do marcador e finalizou com a perna esquerda, obrigando Kléver a fazer intervenção. Mais tarde, Diego Miranda foi responsável por colocar o goleiro para trabalhar de novo. Após cobrança de falta, a bola ficou para o meio-campista arrematar, parando novamente no arqueiro do Dragão, que espalmou.

De tanto rondar a área do adversário, o Brasil de Pelotas abriu o placar aos 40 minutos. Depois de confusão na área, a sobra ficou na entrada da área para Itaqui. Com a bola a sua feição, o meio-campista soltou o pé e acertou o cantinho de Kléver, que nada pôde fazer.

O segundo tempo do Atlético-GO foi letal. Nas duas oportunidades que construiu, a equipe marcou. Com 22 jogados, Júlio César saiu na cara de Marcelo Pitol, que resolveu sair no abafa. Frio, o atacante do Dragão deu uma cavadinha e empatou o marcador com um belo tento.

Mais tarde, após cruzamento na área, André Luís apareceu na segunda trave e testou no contrapé de Pitol. O goleiro até encostou na bola, mas não o bastante para tirá-la da direção do gol. Na reta final, o Brasil de Pelotas, na base da bola aérea, foi para o ataque, mas não conseguiu ao menos o empate dentro de seus domínios.

FICHA TÉCNICA
BRASIL DE PELOTAS 1×2 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 16 de outubro de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Heronildo S Freitas da Silva (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
Cartões amarelos: Heverton, Alex Ruan, Leandro Leite, Wallace Pernambucano e Itaqui (Brasil de Pelotas). Oliveira, Fernandes, Pedro Bambu e Vitinho. (Atlético-GO)
Gols: 
BRASIL DE PELOTAS: Itaqui aos 40 minutos do 1°T.
ATLÉTICO-GO: Júlio César aos 23 e André Luís aos 31 minutos do 2ºT.

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola (Tiago Cametá), Leandro Camilo, Heverton e Alex Ruan; Leandro Leite, Itaqui, Diego Miranda, Rafael Gava (Rafael Dumas) e Welinton Júnior; Michel (Wallace Pernambucano)
Técnico: Rogério Zimmermann

ATLÉTICO-GO: Kléver; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira, Victor Oliveira (Alisson); Pedro Bambu, Fernandes (Rômulo); Júlio César, Thiago Santos, Renato Kayzer e Vitinho (André Luís)
Técnico: Wagner Lopes