Brasileiro Série B

Olímpico | 23/07/2018

Futebol/Brasileirão Série B

Atlético-GO arranca empate com o CSA e frustra planos dos rivais

São Paulo , SP
23/07/2018 22:08:39

Em: Atlético-GO, Brasileiro Série B, CSA, Futebol

Foi sofrido, mas o Atlético-GO conseguiu um importante empate em 2 a 2 com o CSA já no fim do duelo desta segunda-feira, válido pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Após ficar atrás no placar por boa parte do jogo, Junior Brandão balançou as redes para o Dragão no Estádio Olímpico de Goiânia e frustrou os planos dos rivais, que esperavam dormir na liderança da competição.

Com o resultado, o CSA somou seu segundo empate consecutivo na Segundona. A equipe do técnico Marcelo Cabo empatou com o Fortaleza em número de pontos, no entanto, os rivais levam vantagem pelo saldo de gols e ainda entram em campo nesta terça-feira, quando recebem o Avaí na Arena Castelão.

O Atlético-GO, por sua vez, perdeu a oportunidade de encostar no grupo dos quatro primeiros colocados que garantem o acesso à elite do futebol nacional. O time rubro-negro tentará correr atrás do prejuízo no próximo sábado, quando visita o São Bento, em Sorocaba.

Atlético-GO por pouco não saiu de campo derrotado nesta segunda-feira, em Goiânia (Foto: Divulgação)

O jogo – Logo aos três minutos do primeiro tempo o Atlético-GO tratou de botar água no chope dos alagoanos com Junior Brandão. O atacante soltou um petardo da entrada da área após boa troca de passes que colocou o Dragão na cara do gol e não desperdiçou a boa oportunidade, abrindo o placar em Goiânia na tentativa de aproximar sua equipe das primeiras colocações na tabela.

O CSA, no entanto, não se abalou e conseguiu a igualdade três minutos depois, inflamando ainda mais a partida. Celsinho apareceu na linha de fundo pelo lado direito e cruzou à meia altura para o meio da área. A defesa rubro-negra não afastou, e a bola sobrou para Didira, livre, empurrar para o fundo do gol.

Após o empate, os visitantes cresceram na partida e conseguiram a virada aos 19 minutos, após Bruno Santos tentar cortar o cruzamento de Echeverría de carrinho e bater com o braço na bola. Daniel Costa foi para a cobrança e não decepcionou, batendo no ângulo direito de Jefferson, que optou por se jogar para o lado oposto.

Daí em diante o CSA se fechou e soube administrar bem a vantagem construída logo no começo do primeiro tempo para ir ao intervalo com a vitória parcial assegurada. Mesmo mantendo a posse de bola e chegando a assustar os visitantes, o Atlético-GO, por sua vez, teve de se conformar com a falta de eficiência nos 45 minutos iniciais.

Segundo tempo

O segundo tempo começou da mesma maneira que terminou a etapa inicial: com pressão do Atlético-GO. Porém, desta vez os donos da cara foram mais eficazes e por pouco não empataram com Renato Kayser aos três minutos. O jogador subiu mais que a defesa alagoana após cobrança de escanteio de Lucas Rocha e cabeceou no travessão, levando muito perigo à meta do CSA. Depois, aos nove, Kayser novamente não teve muita sorte e voltou a carimbar a trave em novo arremate de cabeça.

Já aos 19, foi a vez de André Luís deixar a torcida rubro-negra com o grito de “gol” entalado na garganta. O atacante ficou com a sobra dentro da área, porém, abusou da força na finalização, mandando por cima do travessão.

A insistência só foi surtir efeito aos 38 minutos, quando Junior Brandão, autor do primeiro gol do Atlético-GO e responsável pelo pênalti a favor do CSA, balançou as redes novamente e deixou tudo igual para o Dragão. O atacante rubro-negro aproveitou o desvio de Júlio César para pegar em cheio e mandar no ângulo de Lucas Frigeri, que nada pôde fazer para evitar o segundo empate consecutivo do CSA na Segundona

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 X 2 CSA

Local: Estádio Olímpico, Goiânia (GO)
Data: 23 de julho de 2018, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Sila (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e João Fábio Machado Brischiliari (PR)

GOLS: Junior Brandão, aos três minutos do 1ºT e aos 38 minutos do 2ºT (Atlético-GO); Didira, aos seis minutos do 1ºT, e Daniel Costa, aos 19 minutos do 1ºT (CSA)

Cartões amarelos: Oliveira e André Luís (Atlético-GO); Echeverría (CSA)

ATLÉTICO-GO: Jefferson; Alisson, Lucas Rocha, Oliveira e Bruno Santos; Rômulo, Fernandes e João Paulo; Renato Kayser, Junior Brandão e André Luis
Técnico: Cláudio Tencatti

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Niltinho (Echeverría), Daniel Costa, Juan e Didira; Alemão
Técnico: Marcelo Cabo