Brasileiro Série A

Vila Belmiro | 25/07/2018

Santos reage com show de Rodrygo e empata com o Flamengo na Vila

Correspondente Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
25/07/2018 23:41:52 — 26/07/2018 01:26:11

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Flamengo, Futebol, Notícias, Santos

O Santos mostrou poder de reação e um melhor futebol do que com o técnico Jair Ventura para empatar em 1 a 1 com o Flamengo na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o ponto conquistado, o Peixe subiu para a 13ª colocação e pode ajudar o São Paulo. O Rubro-Negro se manteve líder, mas pode ser ultrapassado pelo Tricolor, que enfrentará o Grêmio, em Porto Alegre, nesta quinta-feira.

O Flamengo abriu o placar aos 2 minutos, em erro de Bruno Henrique num escanteio e gol de Éverton Ribeiro no segundo pau. O time dirigido por Serginho Chulapa não sentiu o susto e propôs o jogo, com certa desorganização, mas muita raça e pressão na saída de bola carioca, algo que não vinha ocorrendo.

Depois de martelar os visitantes, Rodrygo mostrou que o Real Madrid-ESP acertou e deu um show na Vila. Ele passou por três marcadores e tocou para Gabigol empatar. A jogada foi tão bonita que os companheiros comemoraram com o raio, enquanto Gabriel, ao desencantar, correu para o outro lado.

No segundo tempo, o Santos criou menos e o Flamengo acertou a marcação. O Peixe deu esperança ao torcedor, enquanto o Rubro-Negro terminou mais uma rodada sem perder.

O JOGO

O Santos, com o técnico interino Serginho Chulapa e na 15ª colocação, sofreu um gol do líder Flamengo aos 2 minutos, em casa. Motivos de sobra para desespero, mas o Peixe mostrou força e conseguiu reagir.

O Rubro-Negro abriu o placar com Éverton Ribeiro, após Bruno Henrique perder o tempo da bola e desviar para trás. Na origem do lance, Alison, em uma tentativa de demonstração de raça, deu um bico na bola para a linha de fundo.

O alvinegro demorou poucos minutos para responder ao gol sofrido e passou a tentar, de certa forma desorganizado e muito dependente do lado direito com Victor Ferraz e Rodrygo, empatar. E deu certo. Depois de assustar, o raio decidiu. Recebeu pela direita em um lance que parecia morto, passou por três e cruzou para Gabigol desencantar.

O Santos ainda teve chances para virar e reclamou de um pênalti após toque no braço de Léo Duarte em finalização de Bruno Henrique. O camisa 11, o pior em campo, ainda desperdiçou chance de cabeça depois de cruzamento de Dodô.

IGUALDADE

O Santos, confiante depois do empate, foi para cima do Flamengo, adiantou as linhas e buscou a virada. O Flamengo, com postura um pouco mais conservadora, adotou a cautela nos primeiros minutos da segunda etapa.

O Peixe não criou chances claras e depois sentiu o cansaço. O Rubro-Negro, então, passou a ter a posse de bola. O goleiro Vanderlei não foi exigido e o contra-ataque alvinegro não encaixou.

Nos minutos finais, a única chance criada foi do Flamengo, em chute do ex-santista Geuvânio para o goleiro Vanderlei espalmar. Empate merecido na Vila Belmiro.

Bruno Henrique foi o pior do Santos (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 1 X 1 FLAMENGO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 25 de julho de 2018, quarta-feira
Hora: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Público e renda: 11.843/R$ 292.847,00
Cartões amarelos: SANTOS: Luiz Felipe. FLAMENGO: Diego

GOLS:
Santos: Rodrygo, aos 33 do 1T;
Flamengo: Éverton Ribeiro, aos 2 do 1T.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo (Luiz Felipe), Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca (Léo Cittadini) e Eduardo Sasha (Renato); Rodrygo, Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Serginho Chulapa

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro, Diego (Henrique Dourado) e Matheus Sávio (Geuvânio); Guerrero (Uribe)
Técnico: Maurício Barbieri




  • Fernando

    Santos hoje meia boca, porém já menos pior. Vai melhorar.

  • anTOnioLIMA

    De fato jogou melhor do que com o Jair Ventura. Se jogasse do jeito que tava jogando anteriormente com esse time do Flamengo, ia perder feio.

  • Judd Cruz

    Show de Rodrygo? kkkkk sem marcação até eu dou show, na Europa ele não vai ter essas facilidades assim que pegar na bola a marcação vai chegar, ele vá ter tempo nem de respirar kkkkkkkkkk

    • Fabinho Gabriel

      Até porque ele joga no Santos e vc tá aonde hahahahah

    • JoseAlmeida

      Meu caro o garoto só tem 17 anos. Ele e o Vinicius ainda serão ídolos tanto no Real quanto na seleção. Anote ai e deixe de ser ranzinza. O que não deve acontecer é o endeusamento de jogadores antes mesmo de saírem das fraudas.

    • Gabriel Barbosa Cardoso

      Sem marcação… hahahaha
      Tio, ele limpou três marcadores!

      • Jose Pereira Brito Flho

        lá no real vai ser mais fácil é só encostar no garoto e o sujeito vai expulso , não viram quando o Messi dribla ? se fizerem falta é cartão amarelo na hora , aqui no Brasil não , o fagner quase aleijou acho que o Ederson e não tomou nem amarelo , o moleque não tem medo de pancada , judite Cruz vc não sabe diferenciar futebol com jogo de pôquer !

  • Laucidio Rosa da Silva

    ou flamengo manda uns cara ai embora ou vai passar vergonha, fora guerreiro, fora bragre dourado, fora diego marica

    • JoseAlmeida

      Caraca o time está na liderança e empata um jogo que poderia ter perdido normalmente e você quer mandar jogador embora? Deixe de ser pedante, meu caro. Time para ser campeão não depende só de craques, mas de substitutos que segurem a marimba enquanto alguém está fora. O Santos não é um timico qualquer como o Jair o deixou e poderia muito bem estar brigando pela ponta se não fosse justo o que você está passando, medroso! Ficou na balela que não tinha meio campo e ontem o time inteiro provou que os que lá estavam, poderiam render muito mais, não fosse falta de padrão tático.
      Deixemos de ser hipócritas. Nenhum clube no momento tem jogadores que poderíamos convocar com confiança para uma seleção. Então tem que sobreviver com o que tem.

  • Chico Guru

    Meus Deus !!! A que ponto chegou a moral do Nanico praiano. Comemorar um empate contra o decadente urubu como se fosse a conquista do campeonato e ainda dentro do alçapinho da Vila Belmiro.. QUE OS DEUSES O PROTEJAM PIGMEU !!! rêrêrê