Futebol/Campeonato Brasileiro

Para buscar sequência de vitórias, Cruzeiro encara o CSA em Maceió

São Paulo , SP
25/08/2019 09:43:25

Em: Brasileiro Série A, Cruzeiro, CSA, Futebol
Será a segunda partida com Rogério Ceni no comando da equipe (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Na segunda partida sob o comando do técnico Rogério Ceni, o Cruzeiro visita o CSA às 19h (de Brasília) deste domingo. Em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, a Raposa tenta emplacar a segunda vitória seguida para se distanciar da zona de rebaixamento.

Ceni deve ter ao menos um desfalque entre os zagueiros. Dedé sentiu câimbras na vitória contra o Santos, mas deve atuar normalmente em Alagoas. Já seu companheiro Léo teve um problema muscular na coxa direita e é tido como desfalque. Em seu lugar deve atuar Fabrício Bruno e Cacá também fica como opção.

Depois de vencer o Santos por 2 a 0 na estreia do novo treinador, a Raposa vai em busca de mais três pontos para se afastar ainda mais do Z-4. Atualmente a equipe tem 14 pontos e ocupa a 16ª colocação.

Novamente o Cruzeiro deve iniciar com Egídio na lateral-esquerda e Dodô atuando como volante ao lado de Henrique. Mesmo com o gol anotado no último jogo, Fred dá a titularidade para Pedro Rocha no comando do ataque.

CSA vem de vitórias sobre o Fluminense fora de casa (Foto: Augusto Oliveira/RCortez/CSA)

Do outro lado, o CSA também busca a vitória para fugir do rebaixamento. Com 11 pontos na vice-lanterna do campeonato, o time de Argel Fucks vem de uma boa vitória fora de casa sobre o Fluminense, no Maracanã.

Com fratura no nariz depois de um choque no treino durante a semana, Ricardo Bueno será desfalque certo por pelo menos três semanas. Como novidade, Dawhan entra no lugar de Apodi, enquanto Jean Cléber ocupa a vaga no meio-campo. No ataque, Héctor Bustamante também deve ganhar oportunidade.

FICHA TÉCNICA:
CSA x CRUZEIRO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Data: 25 de agosto (domingo)
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
VAR: Joao Batista de Arruda (RJ)

CSA: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, João Vítor, Jean Cléber e Jonatan Gómez; Héctor Bustamante e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá), Fabricio Bruno e Egidio; Henrique, Dodô, Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David; e Pedro Rocha
Técnico: Rogério Ceni