Jô é liberado de treinamento e não deve encarar o Sport no domingo

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
30/11/2017 12:21:45 — 30/11/2017 12:46:15

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol
Centroavante não deve enfrentar o Sport no domingo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O atacante Jô, um dos poucos jogadores do Corinthians que ainda têm objetivos a cumprir neste final de ano, não tem presença assegurada na partida contra o Sport, às 17h (de Brasília), na Ilha do Retiro. Liberado para acompanhar o nascimento do seu filho Miguel, de acordo com a assessoria de imprensa do clube, nesta quinta-feira, o camisa 7 não apareceu no CT Joaquim Grava para o treinamento da equipe e é dúvida para o último duelo da equipe no Campeonato Brasileiro. Segundo o pai do atleta, porém, ele está descansando no interior de São Paulo.

“Ele está liberado, se encontra descansando no interior de São Paulo, para o jogo de domingo eu acho que ele não vai (para o Recife), não”, comentou o pai do atacante, Dario, em entrevista à Rádio Bandeirantes. “A gente fica muito feliz de ele ser o artilheiro, apesar de não estar garantido, até porque o Henrique Dourado tem mais um jogo ainda, mas ficamos felizes pelo título”, concluiu Dario.

A possibilidade de não viajar para o Recife já havia sido levantada para o próprio Jô, que reconheceu a necessidade de descanso após a intensa temporada disputada pelo Alvinegro. Sem participação nos treinos e à espera da chegada do seu segundo filho, o avante pode abdicar da possibilidade de ser o primeiro artilheiro do Nacional pelo clube. Atualmente com 18 gols, ele divide o posto com Henrique Dourado, do Fluminense.

Além dele, não apareceram no gramado o zagueiro Balbuena e os meias Jadson e Rodriguinho, outros que dificilmente marcarão presença no embate. Dentre os titulares, os únicos que estiveram no gramado foram o goleiro Cássio, o lateral direito Fagner, o volante Gabriel e o atacante Romero. Os quatro, por sinal, devem marcar presença na equipe titular que encara os pernambucanos no final de semana.

O trabalho desta manhã consistiu em dois treinamentos de passes curtos, seguidos de coletivos em campo reduzido, um com a colocação de cones nas linhas laterais e outro com a presença dos goleiros. O destaque ficou por conta do meia Marquinhos Gabriel, autor de dois belos gols e de bons passes pela direita.

O armador, porém, é ausência certa para encarar o Leão. Suspenso, ele fica fora do embate junto com os volantes Maycon e Camacho, e o também meia Clayson. Os problemas com cartões, por sinal, são os responsáveis pela provável utilização de Gabriel e Romero, atletas que atuaram bastante no ano, mas que seriam de difícil reposição neste cenário.

Outras ausências foram o zagueiro Pablo e o lateral esquerdo Guilherme Arana, que já estão fora do elenco, o zagueiro Léo Santos, que passou por uma cirurgia para a correção de uma pubalgia, o zagueiro Vilson, em recuperação de uma cirurgia no joelho, e o lateral esquerdo Moisés, que fez trabalhos internos.