Gols por cobertura e goleadas: Allianz Parque costuma ser local hostil para Ceni

São Paulo, SP

16-11-2021 07:00:35

Rogério Ceni retornará ao Allianz Parque nesta quarta-feira. O estádio alviverde costuma ser um local hostil para o treinador, que coleciona derrotas dentro deste campo ou à beira dele representando o São Paulo. Desta vez, as perspectivas não indicam um desfecho diferente no Choque-Rei, embora o Tricolor precise, mais do que nunca, de um resultado positivo.

A primeira vez de Rogério Ceni no Allianz Parque foi em 2015. Pela primeira fase do Campeonato Paulista, o então goleiro do São Paulo amargou uma derrota por 3 a 0, sofrendo até mesmo um gol de Robinho, de cobertura, quase do meio-campo.

No mesmo ano, pelo Campeonato Brasileiro, o revés foi ainda mais acachapante. Pela nona rodada da competição, o Tricolor foi goleado por 4 a 0 no Allianz Parque. Mais tarde, aquele time do Palmeiras, ainda no início de seu processo de reconstrução, se sagraria campeão da Copa do Brasil.

Dois anos mais tarde, como treinador, Rogério Ceni voltou ao São Paulo, mas seu desempenho no Allianz Parque continuou desastroso. No Choque-Rei válido pela primeira fase do Paulistão, o Palmeiras novamente superou o Tricolor com folga, por 3 a 0, com direito a mais um gol de cobertura praticamente do meio-campo, desta vez em arremate de Dudu, sem chances para o goleiro Denis.

É verdade que os resultados do São Paulo no Allianz Parque sem a presença de Rogério Ceni continuaram muito ruins nos anos seguintes. O Tricolor só foi quebrar o tabu de jamais ter vencido na arena alviverde em outubro do ano passado, sob o comando de Fernando Diniz.

Só depois da primeira vitória no Allianz Parque que o São Paulo passou a dar mais trabalho para os donos da casa. Nos dois confrontos seguintes, o Palmeiras sofreu mais uma derrota, e empatou sem gols a ida da final do Paulistão.

No entanto, o último encontro das equipes na arena alviverde marcou a eliminação histórica do São Paulo nas quartas de final da Libertadores. Até então sem nunca ter vencido um duelo contra o Tricolor no torneio continental, o Verdão entrou em campo muito mais motivado e superou os rivais por 1 a 0.

Nesta quarta-feira, Palmeiras e São Paulo voltam a se enfrentar em um clássico que vale muito mais para o Tricolor, que luta contra o rebaixamento, embora o Verdão esteja há duas semanas da grande final da Libertadores e também precisa de vitórias para chegar em Montevidéu com a confiança em alta.

Deixe seu comentário