Goiás perde dois mandos de campo e enfrenta o São Paulo sem torcida

São Paulo, SP

01-12-2015 22:14:14

Em julgamento realizado nesta terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva puniu o Goiás por confusão ocorrida na 35ª rodada com perda de dois mandos de campo e multa de R$ 15 mil. Assim, o duelo contra o São Paulo, neste domingo, a princípio acontece com portões fechados no Serra Dourada, mas ainda é possível que o Esmeraldino consiga um efeito suspensivo para cumprir a pena em 2016.

A confusão na derrota por 3 a 1 para o Coritiba, no dia 18 de novembro, foi relatada pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro. “Após o término da partida [...] foram atirados por torcedores do Goiás E.C. que se encontravam na arquibancada, atrás de uma das metas, alguns objetos em direção aos jogadores, tais como garrafas de plástico contendo substâncias líquidas, copos plásticos, chinelo e tênis”, registrou o juiz.

Tais ações de alguns torcedores esmeraldinos nas arquibancadas do Serra Dourada, repreendidas pela polícia militar com bombas de efeito moral, renderam ao clube uma denúncia embasada no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê sanções por “deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens em sua praça de desportos”.

O advogado do Goiás no caso, João Vicente, usou a situação do clube no Campeonato Brasileiro, com grande risco de rebaixamento à Série B, como argumento para justificar a “comoção da cidade” em torno da partida e ainda prometeu esforço para identificar e banir infratores, mas sem sucesso.

Nesta segunda-feira, o Esmeraldino havia anunciado a abertura da venda de ingressos para o duelo contra o São Paulo, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, para quinta, com preços a partir de R$ 4 (para arquibancada), mas pelo menos a princípio o torcedor local não poderá ver a possível despedida da equipe da primeira divisão.

Deixe seu comentário