Fluminense prevê equilíbrio na Bahia

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

06-07-2017 11:58:17

O Fluminense segue se preparando para o confronto do próximo domingo, às 16h(de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores tricolores acreditam que o equilíbrio vai ser a tônica do choque com os baianos. Isso porque, no entender dele, ambos têm o mesmo tipo de postura.

O zagueiro Henrique entende que Fluminense e Bahia costumam ter um estilo de jogo ofensivo.

"São dois times que estão batalhando demais para melhorarem a posição na tabela de classificação e que precisam muito do resultado positivo neste domingo. Isso já torna o confronto equilibrado e ambos vão em busca dos três pontos. Espero um jogo aberto. O Fluminense não consegue jogar de maneira recuada, apenas esperando seus adversários se posicionarem. Em casa o Bahia sabe que tem que ser ousado e partir para cima. Portanto, tem tudo para ser muito equilibrado o jogo e é complicado fazer previsões - analisou o defensor.

O volante Wendel concorda "Bahia e Fluminense devem fazer um jogo muito equilibrado. São dois times de qualidade e com bons valores individuais. Nós vamos em busca de uma vitória, pois precisamos ganhar para melhorar na tabela de classificação. O Bahia também quer fugir das proximidades com a zona de rebaixamento, pois investiu para disputar esta competição e é um clube de muita tradição. Vamos encontrar dificuldades", disse Wendel.

O time para este compromisso deverá ser definido no treino desta sexta-feira à tarde, previsto para o Centro de Treinamento Antonio Pedro, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ). Para este compromisso o Fluminense não poderá contar com o atacante Richarlison, que vai ter que cumprir suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo no empate por 3 a 3 com a Chapecoense, na rodada passada. Em compensação, o atacante Henrique Dourado, que se recupera de um edema na virilha direita, tem boas chances de voltar. Outro que pode começar jogando é o atacante Wellington Silva, que demonstrou diante dos catarinenses estar totalmente recuperado de lesão na região pubiana. No sábado o elenco treina pela manhã na capital carioca e depois embarca para a Bahia.

Fora de campo a Atalanta, da Itália, ofereceu R$ 11 milhões para contratar Marquinhos Calazans, que pode ser utilizado como meia ou como lateral-esquerdo. O jogador, de 21 anos, é tido como uma das principais promessas das categorias de base do clube carioca, que não aceitou a proposta por considerar os valores baixos. Os italianos, porém, prometeram voltar com outras bases para negociar.

Deixe seu comentário