Flamengo vence o Botafogo no Nilton Santos e ameniza a crise - Gazeta Esportiva - Muito além dos 90 minutos
Flamengo vence o Botafogo no Nilton Santos e ameniza a crise

Flamengo vence o Botafogo no Nilton Santos e ameniza a crise

Gazeta Esportiva

Por Gazeta Press

02/09/2023 às 23:24 • Atualizado: 02/09/2023 às 23:44

Rio de Janeiro, RJ

O Flamengo derrubou o Botafogo no "tapetinho", como a torcida do Fogão chama carinhosamente o gramado sintético do Estádio Nilton Santos, e amenizou a crise. Neste sábado, o Fla fez 2 a 1 no rival, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado dá alívio ao pressionado Jorge Sampaoli. O técnico lida com questionamentos, especialmente após a queda do Flamengo na Copa Libertadores. Além disso, a distância para o líder Botafogo continua considerável. De qualquer forma, o treinador ganha um pouco de paz neste momento em que a final da Copa do Brasil se aproxima.



Com a vitória, o Flamengo pulou para 39 pontos e está na terceira colocação neste começo de rodada. A diferença para o Botafogo agora é de 12 pontos. Já o Fogão, líder absoluto com 51 pontos, amargou a primeira derrota no Nilton Santos neste Brasileirão. O Fogão estava com 100% de aproveitamento e 11 vitórias pelo torneio.

Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Athletico-PR no Kleber Andrade, em Cariacica, no dia 13 de setembro. O Maracanã está fechado para reparos no gramado. Já o Botafogo tem pela frente o Atlético-MG, dia 16, na Arena MRV. O Brasileirão vai parar para a Data Fifa.


O clássico entre Botafogo e Flamengo


O clássico começou cerca de 20 minutos depois do horário marcado, porque as delegações sofreram com trânsito e chegaram atrasadas ao estádio. O Flamengo abriu o placar logo no primeiro minuto. Wesley cruzou da direita. Marlon Freitas, que marcava Bruno Henrique, tentou cortar, mas fez contra. O Rubro-Negro ganhou confiança. Aos sete, Pedro recebeu na entrada da área e chutou por cima.

O Botafogo levou perigo pela primeira vez aos 15 minutos. Allan errou passe na intermediária defensiva. Gabriel Pires arriscou de fora da área e Matheus Cunha espalmou. O Fogão empatou três minutos depois. Após cruzamento para a área, a bola sobrou para Victor Sá na área. Ele driblou a marcação e chutou no canto sem chances: 1 a 1.

O Flamengo voltou a criar aos 22 minutos. Gerson recebeu pela esquerda e achou Bruno Henrique livre na área. O atacante, contudo, chutou sem muita força. Lucas Perri defendeu. Aos 34, Bruno Henrique ganhou na corrida pela esquerda, mas não finalizou bem. Lucas Perri agarrou com tranquilidade.

O Botafogo quase virou aos 43 minutos. Ayrton Lucas errou pela esquerda. Após bola levantada para a área, Victor Sá desviou e achou Tiquinho Soares. O artilheiro chutou no canto. Fabrício Bruno salvou praticamente em cima da linha. O Fla respondeu aos 47 minutos. Bruno Henrique recebeu pela direita, levou para o meio e chutou. Lucas Perri mandou para escanteio. Já Eduardo, no minuto seguinte, errou a finalização dentro da área e mandou por cima. O agitado primeiro tempo terminou 1 a 1.




O Flamengo levou perigo logo aos 47 segundos da etapa final. Bruno Henrique cruzou da esquerda e encontrou Wesley do outro lado. A finalização do lateral-direito foi para fora. O Fla chegou a balançar a rede aos dois minutos. Bruno Henrique foi lançado e tocou por cobertura. Contudo, a arbitragem marcou impedimento após a conclusão da jogada. A irregularidade foi confirmada pelo VAR.

Aos cinco minutos, Victor Sá foi lançado pela esquerda e chutou. Matheus Cunha defendeu. Pedro, aos oito, ficou com a bola na área, mas mandou por cima. Bruno Lage, aos dez minutos, fez três mudanças de uma vez no Botafogo. Ele colocou Tchê Tchê, Luis Henrique e Diego Costa. Saíram Gabriel Pires, Segovinha e Tiquinho. Eduardo, aos 13, assustou em cobrança de falta. A bola foi por cima.

Sampaoli mudou pela primeira vez aos 21 minutos. Everton Ribeiro entrou no lugar de Victor Hugo. O Flamengo voltou a ficar em vantagem aos 27 minutos. Bruno Henrique derivou da esquerda para o meio e acertou o ângulo: golaço. Fla 2 a 1. O atacante ainda fez o chororô na comemoração, em provocação ao Botafogo.

No fim do jogo, o goleiro Lucas Perri praticamente virou atacante, mas não deu certo. O segurou o resultado e derrubou o líder Botafogo, além de ganhar paz. Após o apito final, Gabriel Pires foi expulso por reclamar da arbitragem.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1X2 FLAMENGO

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 02/09/2023, sábado
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
VAR: Daiane Muniz (Fifa-SP)

Cartão amarelo: Ayrton Lucas, Bruno Henrique e Fabrício Bruno (Flamengo) e Víctor Cuesta e Tchê Tchê (Botafogo)
Cartão vermelho: Gabriel Pires (Botafogo)

Gols:
Botafogo: Victor Sá, aos 18' do 1ºT
Flamengo: Marlon Freitas (gol contra), no 1' do 1ºT, e Bruno Henrique, aos 27' do 2ºT

BOTAFOGO: Lucas Perri; JP Galvão, Adryelson, Víctor Cuesta, Marçal; Marlon Freitas, Gabriel Pires (Tchê Tchê) e Eduardo (Janderson); Matías Segovia (Luis Henrique), Victor Sá (Júnior Santos) e Tiquinho Soares (Diego Costa).
Técnico: Bruno Lage.

FLAMENGO: Matheus Cunha; Wesley, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, Allan (Thiago Maia), Gerson (David Luiz) e Victor Hugo; Bruno Henrique (Everton Cebolinha) e Pedro.
Técnico: Jorge Sampaoli.

Conteúdo Patrocinado